Após colidir com muro, condutor agride criança e tenta estuprar mulher

Segundo PM, ele estava tão embriagado que nem se lembrava do ocorrido.
Avó do menino se assustou, saiu correndo e caiu em buraco no quintal.



Um homem de 31 anos foi preso na madrugada deste sábado (20) após bater o carro que dirigia na parede de uma casa, na Vila Mauá, em Goiânia. Segundo a Polícia Militar, o suspeito estava bêbado e após a colisão, agrediu um garoto de 11 anos e tentou estuprar a mãe dele, ambos com deficiência intelectual. A avó da criança, de 64 anos, que também mora na residência, se assustou com o impacto da batida e saiu correndo do local, mas acabou se ferindo ao cair em um buraco no quintal.

 De acordo com o soldado Bruno Lima Messias, que atendeu a ocorrência, a colisão ocorreu por volta das 5 horas. "Depois da batida, ele entrou dentro da casa. Depois de dar um soco no rosto do garoto, ele exigia que a mãe da criança tirasse a roupa para poder estuprá-la. Porém, antes que isso ocorresse, uma viatura chegou e o prendeu", disse ao G1.

Conforme explica o militar, após ser detido, o motorista foi submetido ao teste do bafômetro que acusou que acusou 0,67 miligramas de álcool por litro de ar expelido. "Ele estava tão bêbado, que na primeira vez que perguntei, ele disse que não se lembrava de nada. Só depois é que foi recobrando a consciência", diz.

A idosa ferida foi socorrida pelo Corpo de bombeiros e levada para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Segundo a unidade, a paciente fraturou o fêmur, mas apresenta quadro clínico regular.

Após submeter-se ao exame de corpo de delito, o suspeito deve ser encaminhado ao 20º Distrito Policial de Goiânia.

Fonte: Tv Anhanguera
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.