Feroli diz que não é responsável pela carga de munição roubada no RN

Academia de tiro afirma que só seria responsável após recebimento da carga.
Foram levados 87 mil projéteis, 80 mil espoletas, 1.570 cartuchos e pólvora.


 A academia de tiro e formação de vigilantes Feroli, localizada em Natal, emitiu uma nota à imprensa na qual admite ter feito a aquisição da munição que foi roubada na madrugada desta terça-feira (6) em Parnamirim, na região Metropolitana da capital potiguar. No entanto, nega qualquer responsabilidade pela carga. “A academia só passa a ter responsabilidade sobre a carga após recebimento e conferência da mesma”, ressalta o texto.

Comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar, o major Wellington Camilo confirmou ao G1 que os criminosos levaram 80 mil projéteis de munição calibre 38, sete mil projéteis de calibre 380, 80 mil espoletas, 16 quilos de pólvora e 1.570 cartuchos de espingarda calibre 12. O valor da carga não foi revelado.

Ainda segundo a polícia, a munição estava em um caminhão estacionado em um posto de combustíveis. Três pessoas, sendo dois homens e uma mulher, renderam o motorista. “Ele estava dormindo quando foi surpreendido”, afirmou o major. Sobre a quantidade de munição roubada, o oficial foi enfático: "Dá para montar um mini exército".

O dono do caminhão prestou queixa do roubo na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Parnamirim. Contudo, a investigação será conduzida pela Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov). Ainda não há pistas dos assaltantes.

 Leia a íntegra da nota emitida pela Feroli:

Nota de Esclarecimento

À Academia de Tiro e Formação de Vigilantes, Feroli, há 16 anos no mercado de qualificação técnica profissional na área de segurança pública e privada, vem a público esclarecer o incidente ocorrido na madrugada desta terça-feira (06) em Parnamirim (RN), que culminou em um assalto ao carregamento de munição transportada pela Pexlog com destino final à academia.

Considera-se verdade ao afirmar que a munição fora adquirida pela Feroli a empresa de São Paulo Hunter, seguindo todas as regras estabelecidas, estando assim dentro dos procedimentos exigidos pela Policia Federal e Exército Brasileiro, pois disponha de guia de tráfego expedido pelo SFPC do EB, entretanto, à academia só passa a ter responsabilidade sobre a carga após recebimento e conferência da mesma.

Contudo, a diretoria da academia coloca-se a disposição para informações gerais sobre sua aquisição.

Agradece
À Direção


Fonte: InterTV
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.