Jovens pedem desculpa por vídeo em que fazem piada em carro da PM - VÍDEO!

Gravação foi feita depois que os três rapazes foram detidos em Jataí, GO.
No vídeo, eles se referem ao ato cometido como 'tremenda besteira'; assista.



Os jovens que gravaram um vídeo fazendo piada em um carro da Polícia Militar foram detidos na quinta-feira (29), em Jataí, no sudoeste de Goiás. Ao serem encaminhados para a delegacia, o trio aparece em uma nova filmagem, dessa vez, pedindo desculpas à corporação pelo ato, que chamaram de uma “tremenda besteira” (assista).

Os jovens foram localizados após a publicação do vídeo em que dois deles aparecem dentro de uma viatura da Companhia de Patrulhamento Tático (CPT) da PM e fazendo piada. O terceiro gravou as cenas. As imagens circularam no Whatsapp e um usuário da rede, que reconheceu um dos rapazes, denunciou o caso à polícia.



Nas imagens, o rapaz que estava na direção diz: “E aí, galera do zap-zap [referindo-se ao aplicativo de celular WhatsApp], essa é a primeira vez que eu estou no banco da frente”. Embora o comentário dê a entender que ele já foi preso anteriormente, de acordo com os militares, nenhum dos jovens, que têm entre 18 e 23 anos, possui passagem pela polícia.

Na nova gravação, o rapaz que dirigia o carro, de 23 anos, pede desculpas aos policiais: “Me desculpem pela tremenda besteira que eu fiz, estou muito arrependido”. Na sequência, os outros dois envolvidos também se retratam pelo ato e reconhecem que foi uma ação impensada. “Eu que filmei. Eu fui errado em pegar o celular e filmar, sei que a gente não podia fazer isso. Foi muito errado”, diz o outro jovem, de 18 anos.

De acordo com a PM, o veículo que aparece na imagem foi deixado em um lava a jato. O dono do estabelecimento, que não quis gravar entrevista, disse que é comum a prestação de serviço para a corporação e que apenas o jovem que aparece dirigindo o veículo é funcionário do estabelecimento, pois os demais são amigos do rapaz.

O trio foi levado para a delegacia por desacato à instituição, segundo a PM. Os rapazes foram ouvidos e, em seguida, liberados. Um inquérito foi instaurado para averiguar se houve algum tipo de crime na ação dos jovens.

Fonte: Tv Anhanguera 

Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.