Em Assembleia entidades estabelecem prazo para que Governo cumpra leis relativas aos militares estaduais

Em Assembleia Entidades estabelecem Prazo Para Que Governo cumpra leis relativas AOS Militares Estaduais

Centenas de Praças do Estado, Entre Membros da Associação de Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros do RN (ASSPMBM / RN) e das Demais Entidades representativas estiveram Reunidos em Assembleia Extraordinária na tarde Nesta quarta-feira (11), no Clube Tiradentes, parágrafo discutir Entre Diversos temas; Demandas previstas em lei that São descumpridas Pelo Governo, como Escalas compulsórias EO NÃO Pagamento das diarias Operacionais POR Parte do Governo do Estado. HOUVE UM AINDA momento de Oração em Sinal de luto e Respeito Ao colega de profissão, cabo Estevam Barbosa, assassinado na Noite da jornal Última segunda-feira (09).

Segundo o Presidente da ASSPMBM / RN, Eliabe Marques, A Questão da vulnerabilidade dos Profissionais eA Falta de cumprimento das legislações Estaduais, um Exemplo da LC 463/2012, that Trata dos níveis fazer Subsídio eA Remuneração de a Acordo com o posto eA graduação, TEM deixado OS Praças Cada Vez Mais descontentes. " Os Policiais estao Realmente insatisfeitos e Medidas Cobram Práticas CIES e Rápidas. Por ISSO, HOJE, delimitamos Que o Prazo Para Que o Governo cumpra leis Que Já estao em vigor, mas São descumpridas, SERA O último do Mês de março ". A Próxima Assembleia Geral Ficou Marcada Para o dia 31 de março, 15h como, nenhum Clube Tiradentes, sede da Associação.

AINDA Sobre a Lei Complementar 463/2012, Segundo o titular da ASSPMBM / RN, no Cenário locais existem 3º Sargentos recebendo Salário de soldado, subtenentes Ganhando Como 1º Sargentos, Entre Otras irregularidades.

ESCALA COMPULSÓRIA em Questão

A assembleia, that Contou AINDA COM Representantes de Diversas Associações do Estado, also discutiu a Respeito das Escalas compulsórias, Diante da Proximidade do Carnaval. Tony Fernandes, Presidente da Associação de Praças de Mossoró, Esteve Presente junto a Uma comitiva e expos a apreensão dos Policiais Diante do ASSUNTO. " TEMOS TAMBÉM Uma Preocupação com especial como Escalas compulsórias e com o descaso com that o Profissional TEM Passado Diante obrigatoriedade Dessa. Por ISSO é Preciso Que passe a valer o Princípio da voluntariedade. Inclusive, JA ESTAMOS COM Uma minuta não Executivo e esperamos compreensão do Poder Público parágrafo SUA aprovação ".

Eliabe Marques, Explica Que AINDA, normalmente, Policiais e Bombeiros obedecem Uma escala Ordinária e TEM Direito à folga. Já O Trabalho festivos em Dias, Como o Carnaval, cabe AOS Que se oferecem voluntariamente. No entanto, Por Conta da Falta de Pagamento das diarias Operacionais relativas As horas extras de Serviço em eventos Como o Mossoró Cidade Junina eA Fifa Fan Fest, Profissionais deixaram de voluntariar-se EO Governo Passou a organizar Escalas compulsórias.

O valor de diarias NÃO Pagas Chega a R $ 1,6 Milhão e OS Militares estao receosos de Nao Receber o valor Referente Ao Trabalho Durante a festa de momo. " 'calote' O do Estado Gerou descrédito Entre OS Policiais e Bombeiros, that ficam sobrecarregados com como Escalas compulsórias. PODEMOS Nao Pagar Pela desorganização do Estado e SEUS sucessivos governos, Muito Menos a População " , de Defende Eliabe.

Uma Reunião com a Secretaria de Segurança, Kalina Leite, està marcada Para esta quinta-feira (12), Oportunidade em that como Associações representativas dos Militares discutirão essas e Otras reivindicações Como a Luta Pela graduação eA continuidade dos Cursos Pará cumprimento da Lei de Promoção de Praças (Lei 515/14) eA Criação do Código de Ética.

Além da ASSPMBM / RN, estiveram na assembleia de Hoje (11) Representantes da Associação de Cabos e Soldados (ACSPM RN); Associação dos Bombeiros Militares do RN (ABM-RN); Associação dos Praças da Polícia Militar do RN (ASPRA- PM RN); Associação de Praças de Mossoró (ASPRAM) e   Associação dos Praças da Região Agreste (ASSPRA).


FONTE: ASSPMBM / RN
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.