Mulher é achada morta após o filho de 3 anos pedir socorro, diz polícia

Vítima foi atingida por pelo menos 11 golpes de faca em uma mata.
Criança presenciou crime e caminhou até estrada de terra, em Jataí, GO.


A vendedora Larissa Agda de Carvalho, de 29 anos, foi encontrada morta, na segunda-feira (23), em uma mata a cerca de 3 km de Jataí, no sudoeste de Goiás. Os policiais relataram que localizaram a vítima após o filho dela, de 3 anos, que presenciou o crime, ir a uma estrada de terra e pedir ajuda.
Segundo a Polícia Civil, um motorista que trafegava no local parou ao ver o menino sozinho e chorando. Ele estranhou a situação e acionou a corporação.

A mulher foi morta a facadas. Avaliação inicial de peritos do Instituto Médico Legal aponta que a vendedora foi atingida por, pelo menos, 11 golpes de faca.
O carro da vítima foi encontrado próximo ao local do crime. O veículo estava com os vidros abertos, mas com os pertences da mulher dentro. As malas de roupa que ela vendia também estavam no automóvel.

Como os bens da vítima não foram roubados, a polícia acredita que o caso não se trata de latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte.
“Não é um quadro indicativo de latrocínio, em que geralmente é levado o carro. Nesse caso, estava fácil, era só levar o carro com todos os bens. Então, não se descarta nenhuma possibilidade, mas não se enquadra em um caso característico de latrocínio”, diz o delegado responsável pelo caso, Rodrigo Cruz.

Fonte: Tv Anhanguera 
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.