Polícia da PB acha mapa de possíveis alvos de explosões de bancos

Material foi encontrado em sítio na PB usado como sede de uma quadrilha.
Três suspeitos de integrar a quadrilha foram presos na segunda-feira no RN.



Um sítio que era usado como sede de uma quadrilha especializada em roubos a bancos, Correios e correspondentes bancários foi encontrado pela polícia na cidade de Solânea, no Curimataú paraibano. A operação foi uma ação conjunta entre a 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil e o 4º Batalhão da Polícia Militar. No local, segundo o delegado Wallber Virgolino, foi encontrado um mapa que indicava possíveis alvos da quadrilha, mas, no momento da ação, ninguém foi encontrado no sítio.

De acordo com Virgolino, o grupo tinha a cidade de Solânea como sede, mas realizava assaltos em várias partes do país. “A ação era mais complexa. Eles são uma quadrilha interestadual, percorrem todo o Brasil”, disse. O mapa tem cidades marcadas nos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco e Rio Grande do Norte, além da própria Paraíba. A operação foi realizada na quarta-feira (4) e os resultados divulgados nesta quinta-feira (5).

Três suspeitos de integrar a quadrilha já foram presos no Rio Grande do Norte na segunda-feira (2). As investigações continuam para identificar outros participantes da ação criminosa. Só na Paraíba, o grupo é suspeito de quatro assaltos, sendo três em Beléme um em Solânea.
No sítio, foram encontrados carros roubados, maconha, armas e roupas camufladas. A polícia acredita, com base no material encontrado na casa, que o grupo possua armas de grande porte como fuzil e espingarda calibre 12, conforme informou o delegado.

A casa que servia de sede para a quadrilha foi alugada por R$ 1 mil, ainda de acordo com as investigações. Porém, os moradores da região disseram não conhecer os criminosos. A polícia acredita que eles entravam e saiam do local no período da noite.

Fonte: G1/PB
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.