Após usar máscaras de palhaço para roubar 270 tablets, homens são presos

Um dos suspeitos é funcionário de escola assaltada em fevereiro.
Polícia pede que compradores dos equipamentos roubados se apresentem.



A polícia prendeu nesta sexta-feira (20) quatro homens suspeitos de roubar mais de 200 tablets de uma escola de Santos, no litoral de São Paulo. O crime ocorreu no dia 27 de fevereiro e os assaltantes vestiam máscaras de palhaço durante a ação. De acordo com a polícia, um deles é funcionário da unidade, enquanto outro trabalha em uma empresa que presta serviços à escola.

Os suspeitos invadiram a unidade de ensino fora do horário de aulas e renderam dois vigias antes de se dirigirem à sala onde estavam os 270 equipamentos roubados. “Durante a investigação, fomos a uma loja como compradores, conferimos o número de série dos tablets à venda e identificamos um dos equipamentos subtraídos. Fizemos o caminho inverso, do comerciante até quem forneceu o material. Assim, chegamos em um dos suspeitos que a equipe já acompanhava”, explica o delegado responsável pelo caso, Alexandre Aranha.

Aranha pede que quem porventura tenha adquirido o equipamento roubado o devolva na delegacia, do contrário, poderá ser indiciado. “Nós já temos várias linhas para localizar os tablets. Então, solicitamos aos compradores que demonstrem boa fé e tragam os equipamentos até a delegacia. Se a polícia chegar à pessoa, ela vai responder por crime de receptação”, conclui o delegado.

Fonte: Tvtribuna
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.