Governo define empresa que vai recuperar presídios no RN

LMX Empreendimentos EIRELLI ofereceu a melhor para assumir as obras.
Reparos às unidades afetadas podem ser iniciadas neste sábado (21).



A LMX Empreendimentos EIRELLI foi a empresa vencedora do Chamamento Público Simplificado, publicado na quinta-feira (19) no Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Norte, para reconstrução das unidades prisionais danificadas durante as rebeliões que eclodiram no estado no dia 11 de março. O resultado foi divulgado na manhã desta sexta-feira (20), em evento realizado no auditório da Secretaria de Estado da Infraestrutura (SIN), no Centro Administrativo, em Natal.

Das onze empresas que pegaram o edital junto a SIN, cinco compareceram hoje e entregaram os envelopes com as propostas. Apenas quatro delas foram consideradas habilitadas e a LMX Empreendimentos EIRELLI apresentou a melhor proposta, considerando os valores da tabela do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil – SINAPI.
A empresa assinará o contrato e a ordem de serviço na tarde desta sexta-feira (20) e já estará habilitada para começar os serviços nas unidades prisionais, neste sábado (21). Os serviços de recuperação emergencial foram divididos em 6 lotes. São eles:

LOTE 1: Penitenciária Estadual de Alcaçuz e Presídio Estadual Rogério Coutinho Madruga;
LOTE 2: Cadeia Pública de Natal (Raimundo Nonato Fernandes) e Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP);
LOTE 3: Complexo Penal Dr. João Chaves, Centro de Detenção Provisória de Potengi, Centro de Detenção Provisória da Ribeira e Centro de Detenção Provisória da Zona Norte;
LOTE 4: Cadeia Pública de Mossoró, Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio e Cadeia Pública de Caraúbas;
LOTE 5: Cadeia Pública de Nova Cruz e Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó;
LOTE 6: Centro de Detenção Provisória de Ceará-Mirim, Centro de Detenção Provisória de Macaíba e Centro de Detenção Provisória Masculino de São Paulo do Potengi.

Fonte: intertv
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.