PF e PRF prendem contrabandistas de diamante


Policiais federais da Delegacia de Polícia Federal em Ji-Paraná e da Polícia Rodoviária Federal prenderam em flagrante delito, na cidade de Ji-Paraná, duas pessoas por tráfico internacional de pedras preciosas.

Os presos são brasileiros, mas, atualmente, residem em Portugal e na Bélgica. O veículo conduzido pelos presos foi abordado na BR 364 quando trafegava com sentido a Porto Velho.

Durante a revista realizada nos presos, foram encontradas 52 pedras de diamante na carteira de um deles e 11 pedras de diamante na carteira do outro.

Os presos relataram que as pedras são oriundas da Reserva do Roosevelt, que as adquiriram na cidade de Cacoal/RO e que seriam transportadas para a Europa. Além das pedras, foi apreendida a quantia em dinheiro de R$ 3.850,00.


Segundo a Polícia Federal, os diamantes foram extraídos ilegalmente da terra indígena dos cinta-largas e seriam comercializados no exterior, numa ação que envolve a participação de garimpeiros, contrabandistas internacionais e atravessadores. Além da evasão de divisas provocada pelo contrabando internacional, a extração ilegal provoca um dano ambiental de proporções incalculáveis à floresta amazônica.


Os indícios são de ocorrência dos crimes de transporte de minerais pertencentes à União e receptação qualificada, delitos cujas penas somadas podem chegar a 13 anos de prisão. Os presos foram recolhidos ao Presídio Central de Ji-Paraná, onde ficarão à disposição da Justiça Federal.

Fonte: comando190
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.