Presos se rebelam simultenamente em presídios da zona Norte e em Alcaçuz


Os presos do Presidio Provisório Raimundo Nonato se rebelaram mais uma vez nesta segunda-feira (16) após ter uma tentativa de fuga frustrada pelos agentes penitenciários do local. Eles se amotinaram e destruíram as paredes do Pavilhão I e passaram para o pátio.

Eles estão separados por uma cerca e sendo contidos pelo Batalhão de Operações Especiais (BOPE) enquanto outros tentaram a fuga destruindo o muro. A situação no local é critica e o reforço já foi solicitado.

Os presos do local são liderados por cinco sírios que foram presos no fim do ano passado no Aeroporto Internacional Aluísio Alves. Mais viaturas da Polícia Militar (PM) foram solicitadas para o auxilio na contenção dos presos.

Outro motim se iniciou simultaneamente na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, onde os presos exigiram o afastamento da atual diretora da unidade, Dinorá Simas. Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque)também foi acionado para ajudar na contenção dos presos dos pavilhões 2 e 3.

Fonte: 190rn
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.