Visitas íntimas estão suspensas nos presídios do RN, diz secretária

Decisão foi tomada por uma questão de segurança, afirmou Kalina Leite.
Em 7 dias, 14 das 33 unidades prisionais do RN já foram alvos de rebeliões



As visitas íntimas nas unidades prisionais do Rio Grande do Norte, benefício que é concedido sempre às quartas-feiras, estão suspensas até que a crise no sistema penitenciário esteja sob controle. A decisão é da secretária da Segurança Pública e da Defesa Social, Kalina Leite, que acumula interinamente a Secretaria de Justiça e da Cidadania (Sejuc).

“Não se trata de uma punição. É apenas uma questão de segurança até o controle ser totalmente retomado nas unidades em risco e onde houve depredação. As visitas sociais, nos fins de semana, devem acontecer normalmente”, afirmou.

Na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, a maior unidade prisional do estado, aproximadamente 200 mulheres são cadastradas na visita íntima. "A determinação é para não deixar nenhuma mulher entrar", disse a diretora Dinorá Simas, ao se referir a esta quarta-feira (18). Alcaçuz fica no município de Nísia Floresta, na Grande Natal, e possui atualmente mais de 900 detentos.

Fonte: intertv
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.