Vocalista de banda é morto com tiro nas costas, após show.

O vocalista de uma banda de Santos (a 72 km de São Paulo) foi morto a tiros após apresentação em um bar no Embaré, bairro de classe média da cidade. O crime aconteceu por volta da 1h30 desta segunda-feira (30). Segundo a Polícia Civil, o suspeito já foi identificado, mas ainda não foi preso.



Vocalista da banda Tr3vo, Daniel Nunes Aquino, conhecido como Dan Nunes, 25, havia encerrado sua apresentação no bar Baccará quando uma frequentadora o abordou para lhe pedir um autógrafo. Pouco depois, o atirador, que estava em um Vectra GT preto, disparou em sua direção.

Nunes foi levado ao pronto-socorro mais próximo, no bairro Estuário, a dois quilômetros do local do crime, e morreu. Segundo o empresário da banda, Fábio Evan, ainda não há informações sobre o velório e o enterro do cantor, que deixa uma filha.

"Nem sei como me expressar, parte de mim foi embora. Que dor insuportável", escreveu o pai de Nunes, Silvio Aquino, em sua página na rede social Facebook.

A banda

Formada em Santos há aproximadamente um ano, a banda Tr3vo era especializada nos gêneros pop e reggae. Segundo indica seu site, tinha 18 apresentações marcadas em casas noturnas de Santos até o final de maio.

Com sete membros –três vocalistas (dois deles também instrumentistas) e uma banda com quatro integrantes– , a Tr3vo produziu um EP intitulado "Praia & Amor" em 2014.
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.