Depois de 21 anos, Mato Grosso do Sul registra caso de raiva humana

O estado de Mato Grosso do Sul registrou um caso de raiva humana, depois de 21 anos sem ocorrências, e o paciente, de 38 anos, está em estado grave no Hospital da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. De acordo com os médicos, o homem foi mordido há mais de 40 dias por um cão infectado com raiva e só procurou atendimento médico no último dia 13.



O caso ocorreu em Corumbá, no interior do estado. Diagnosticado com a doença, o homem foi transferido para o hospital universitário, em Campo Grande. Este é o primeiro caso de raiva humana no estado, desde 1994. Segundo informações do hospital, a equipe aguarda a chegada de medicamentos, que serão enviados de Brasília para a capital sul-mato-grossense, na tentativa de reverter o quadro do paciente que está em coma induzido, na unidade de terapia intensiva ( UTI).

Corumbá vive um surto de raiva animal e a Secretaria de Saúde Municipal intensificou ações de combate à doença, reforçando o alerta à população, para não deixar cães soltos pelas ruas da cidade. Ainda segundo a secretaria, a cidade está com nove casos confirmados de raiva canina, e o Centro de Controle de Zoonoses trabalha em regime de plantão para vacinação e captura de animais com alterações neurológicas. Há plantão também de médicos veterinários.

Fonte: Agência Brasil


Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.