Mergulhadores encontram mala com dinheiro falso

PF apura origem das notas; cédulas, de R$ 50 e R$ 100, são falsas.
Objeto foi encontrado durante treinamento em trecho próximo à Ponte JK



Mergulhadores do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal encontraram uma mala com dinheiro falso no fundo do Lago Paranoá, próximo à Ponte JK, em Brasília. O objeto foi achado durante um treinamento da corporação em 23 de fevereiro deste ano, mas o caso só foi divulgado nesta sexta-feira (10).

 Segundo o tenente Victor Mendonça, comandante da Companhia de Salvamento Aquático do Corpo de Bombeiros do DF, a mala estava cheia de notas de R$ 50 e R$ 100 sujas de barro e deterioradas. A corporação informou que enviou o material para a Polícia Federal logo após a ação.

A Polícia Federal disse que não vai se pronunciar sobre o assunto porque investiga se há ligação com outros casos de falsificação de notas no DF. A corporação confirmou que o dinheiro não é verdadeiro.

“O Corpo de Bombeiros sempre realiza treinamentos com mergulhadores. Na ocasião, a Polícia Militar solicitou que procurássemos uma tampa de motor. Aproveitamos o treinamento para fazer a busca. Encontramos a tampa e a maleta”, afirma Mendonça.
 Segundo ele, por se tratar de apenas uma treino, os mergulhadores podem usar a operação para retirar do fundo do lago qualquer objeto que represente risco ao meio ambiente. A mala com o dinheiro falso foi encontrada a uma profundidade de 10 a 15 metros.

“Quando subiram com a maleta , eles abriram e viram o dinheiro. A princípio não dava para saber se era falso. Era uma maleta preta, do tipo executiva, sem tranca, sem lacre. Não sabemos a quantidade de dinheiro.”

O comandante diz que não é possível precisar há quanto tempo a mala estava no lago. “As notas estavam sujas e desgastadas. Pela nossa experiência, podemos dizer que não estavam há muitos anos. Achamos que [o tempo em que o objeto ficou submerso] é menor de dois anos.”

No momento do treinamento havia oito mergulhadores no lago. Ao todo, o Corpo do Bombeiros possui 50 homens especialistas em ações aquáticas, dividos em alas.

Fonte: g1
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.