Mulher é presa ao tentar roubar bebê em hospital

Está no Conjunto Penal de Feira de Santana, a 109 km de Salvador, a dona de casa Renilda Santos Souza de Jesus, de 24 anos, que tentou raptar um recém-nascido do Hospital Inácio Pinto dos Santos, Hospital da Mulher. A mulher foi presa por policiais militares que foram acionados pela direção da unidade, já que os seguranças impediram o rapto. Ela foi autuada em flagrante por subtração de incapaz.


De acordo com informações policiais, Renilda estava internada na unidade desde o segunda-feira por ter tido um aborto espontâneo e precisou fazer o procedimento de curetagem. Na noite de terça, ela entrou na enfermaria, onde Cristiane Santos de Oliveira amamentava o bebê de apenas dois dias de vida.

"Ela pediu para assistir televisão aqui e começou a falar que tinha perdido o filho. Achei ela estranha e precisei ir ao banheiro. No retorno, ela havia sumido com o meu bebê", contou Cristiane, sem conter o choro.

Renilda, que reside em Amargosa, pegou o recém-nascido tentando sair da unidade, mas os seguranças não deixaram, então ela retornou e colocou o bebê em uma lixeira, esperando um descuido da segurança para poder sair. "Neste momento, eu saí gritando pelos corredores e os seguranças, funcionários e policiais que estavam no hospital me apoiaram. Encontramos ela sentada como se nada tivesse ocorrido", conta Cristiane.

Ao ser abordada pelos policiais, Renilda negou ter pegado o bebê mas, depois, resolveu mostrar onde havia colocado a criança. "Ao analisarmos as imagens das câmeras de segurança da unidade, conseguimos identificar a suspeita que, inicialmente, negou ter pegado o bebê e não queria falar, mas depois nos levou até a lixeira", disse o sargento Cicero, que comandou a guarnição que efetuou a prisão.

Médicos que estavam de plantão no hospital examinaram o bebê e informaram que o mesmo estava bem. A suspeita e a mãe do bebê foram levadas para o Complexo Policial do Sobradinho. Após ser ouvida pelo delegado André Ribeiro, Renilda foi autuada em flagrante. "Só queria ficar com o bebê", limitou-se a dizer enquanto era encaminhada para o presídio.
Cristiane e o filho já receberam alta e foram levados para casa, na cidade de Santanópolis.

Fonte: atarde
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.