Mulher morre em incêndio causado por cigarro, diz polícia

Uma mulher de 33 anos morreu durante um incêndio na casa em que morava no distrito de Lerolândia, em Santa Rita, na Grande João Pessoa, no final da tarde de sexta-feira (10). Segundo informações da Polícia Civil, a vítima estava sozinha em casa quando o incêndio teve início.


A principal suspeita da polícia, com base em relatos de familiares e testemunhas, é de que o cigarro da vítima tenha caído no colchão e causado o incêndio. A mulher tinha problemas neurológicos e estaria alcoolizada quando decidiu fumar, ainda de acordo com a polícia.

A delegada que registrou o caso, Maria Soledade de Sousa, comentou que a vítima morava com dois filhos, mas que nenhum deles estava na casa no momento que o fogo se espalhou. Segundo a delegada, a mulher morta no incêndio morava ao lado da sua mãe. “Ela estava na casa da mãe, quando decidiu ir para sua casa comer. A mãe dela me contou que ela tomava remédio controlado e era alcoólatra”, comentou.

A polícia não descarta outras hipóteses para a causa do incêndio e o somente um laudo técnico do Corpo de Bombeiros, que deve ser concluído em pelo menos 30 dias, determinará a causa do incêndio. O corpo da vítima passou por perícia do Instituto de Polícia Científica (IPC) e foi encaminhado para a Gerência de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa.

Este foi o segundo caso de incêndio com morte na Grande João Pessoa em menos de uma semana. Na quarta-feira (8), duas meninas, de 8 e 9 anos, morreram em um incêndio na comunidade Riachinho, no Treze de Maio em João Pessoa. Neste caso, segundo os Bombeiros, o fogo foi causado por uma vela.

Fonte: g1-pb
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.