Padre embriagado é flagrado em blitz, após bater em motocicleta da PM

De acordo com a polícia, religioso assumiu ter bebido cerveja e pinga.
Pároco de igreja em Belo Horizonte terá que responder a crime de trânsito.



 Um padre foi flagrado embriagado em uma blitz, na madrugada deste sábado (25), depois de ter batido em uma motocicleta da Polícia Militar, no bairro Ouro Preto, na Região da Pampulha em Belo Horizonte. O religioso foi detido, depois de passar por um teste de bafômetro. O exame apontou 0,44 mg/l de álcool no sangue. Acima de 0,34 mg/l é considerado crime de trânsito.

De acordo com a PM, o padre Erli Lopes Cardoso, de 41 anos, dirigia próximo a uma blitz, realizada em dois pontos da Avenida Fleming, zona boêmia da Pampulha. O religoso, que dirigia um veículo modelo Fox, acabou se chocando contra uma moto da PM.

No boletim de ocorrência consta que Cardoso assumiu que ter bebido "duas cervejas e uma dose de pinga". De acordo com a PM, padre disse que se distraiu enquanto conversava com uma pessoa que estava no banco do carona, quando bateu na moto. Ele disse que tentou frear, mas não conseguiu evitar o acidente.

Durante a abordagem, ficou constatado que o condutor estava com visíveis sinais de embriaguez. O padre teve a carteira de habilitação recolhida. Depois de ser ouvido pela Polícia Civil, ele foi liberado.

O G1 entrou em contato com o padre Eli Lopes Cardoso, que assumiu ter sido abordado pela blitz. O religioso não quis se manifestar. Em nota, a Pequena Obra da Divina Providência, congregação da qual o padre faz parte, informou que “se manifesta pesarosa e consternada com esta notícia e informa que está tomando as providencias necessárias para que tudo seja resolvido dentro da legalidade”.

Fonte: G1
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.