“Ela desmaiou no segundo golpe, mas continuei esfaqueando”, disse suspeito de morte de psicóloga

Suspeito relatou em depoimento que consumiu cocaína na madrugada antes do crime.


O delegado titular da delegacia do município de São Gonçalo do Amarante vai aguardar o resultado do exame da perícia do ITEP para afirmar se a psicóloga Natália Tâmara, sofreu violência sexual antes de ser morta a golpes de faca, na manhã da sexta-feira (22). Raimundo Rolim de Albuquerque Filho ouviu Carlos André dos Santos Cassimiro após o suspeito se entregar aos policiais do Pelotão da PM da cidade de Barcelona, na manhã do sábado.

O bacharel informou quem em depoimento Carlos falou que agiu de maneira cruel, sem dar chance nenhuma de defesa por parte da vítima, que ela ainda gritou por socorro antes de ser morta. “Ele confessou o crime imediatamente e disse que usou uma faca de mesa para matar a jovem e que ela foi até a casa dele, após uma ligação, pegar frutas para a filha que passava o dia com a mãe de Natália” disse.

Raimundo Rolim disse ainda que Carlos consumiu cocaína durante toda a madrugada anterior ao crime, chegando a não dormir. O suspeito teria desferido dois golpes no pescoço da psicóloga, viu que ela tinha desmaiado, mas continuou esfaqueando. Depois de perceber a morte da jovem o suspeito levou o corpo para uma estrada carroçável e fugiu.

Depois de ouvido Carlos foi autuado em flagrante continuado por homicídio triplamente qualificado e conduzido ao Centro de Detenção Provisória de Parnamirim, onde deverá aguardar julgamento agendado pela justiça.


Fonte: PortalBO
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.