Passa de 200 o número de assaltos a ônibus este ano na Grande Natal

Somente na noite desta segunda-feira (25), três linhas foram assaltadas.
Rodoviários se reúnem nesta terça (26) com a Secretaria de Segurança.

Em menos de cinco meses, a Grande Natal já soma 202 assaltos a ônibus – o equivalente a mais de um ônibus assaltado por dia. Os números são do Sindicato dos Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro/RN). Somente na noite desta segunda-feira (25), três ônibus foram alvos de criminosos na capital potiguar. Nesta terça-feira (26), rodoviários se reúnem com a secretária da Segurança Pública e da Defesa Social do estado, Kalina Leite.

O primeiro assalto da noite aconteceu no ônibus que faz a linha 105. O veículo passava pela avenida Presidente Bandeira, no bairro do Alecrim, quando um homem que estava dentro do ônibus, fingindo ser um passageiro, se levantou e anunciou o assalto. Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 19h30. Armado com uma faca, o ladrão levou o dinheiro do cobrador e pertences de 10 passageiros.

O segundo assalto aconteceu na avenida João Medeiros Filho, na Zona Norte da cidade. O alvo foi um ônibus da linha 64. O criminoso embarcou no ônibus armado com um revólver e levou o dinheiro do motorista e do cobrador.
Também na Zona Norte de Natal, o ônibus que faz a linha 50 foi o terceiro alvo da noite. Aconteceu no bairro de Igapó. Com uma faca, o assaltante rendeu o motorista do veículo.

Protestos
Nesta terça-feira (26), rodoviários se reúnem com a secretária da Segurança Pública e da Defesa Social do estado, Kalina Leite. O encontro acontece em razão dos protestos realizados por motoristas e cobradores nesta segunda (25) em Natal. Pela manhã, funcionários Guanabara, empresa de transporte público que atua na maioria dos bairros da Zona Norte da capital, retardaram a saída dos veículos das garagens.

Revoltados com a demora dos ônibus, usuários fecharam a avenida Tomaz Landim, uma das mais movimentadas da Zona Norte da cidade. O protesto durou quase uma hora.
À tarde, em novo manifesto, motoristas e cobradores de diversas linhas pararam e formaram filas nas imediações do shopping Midway Mall, de onde partiram até a Governadoria, no Centro Administrativo do Estado.

Os protestos, que cobram segurança, foram realizados por causa de um assalto ocorrido na última sexta-feira (22) no terminal da empresa Guanabara no conjunto Vale Dourado, na Zona Norte da cidade. Na ocasião, um motorista de ônibus foi baleado.


Fonte: Intertv
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.