Sem equipe suficiente, tenente da Lei Seca lamenta resultado de blitz no RN

Um motorista foi preso por embriaguez nesta madrugada em Natal.
Com efetivo reduzido, muitos motoristas conseguiram escapar da barreira.



Uma pessoa foi presa e outras 17 autuadas ao longo da madrugada desta quinta-feira (7) durante mais uma blitz da Operação Lei Seca realizada em Natal. A barreira de fiscalização foi montada na avenida Engenheiro Roberto Freire, próximo da rotatória que dá acesso à Rota do Sol, na Zona Sul de Natal. O resultado, no entanto, não foi o esperado.

 Segundo o tenente da Polícia Militar Styvenson Valentim, que coordena as fiscalizações da Lei Seca no estado, muitos motoristas conseguiram desviar da barreira. “Alguns, inclusive, deram marcha a ré ao ver os cones e voltaram pela contramão. Com uma equipe desfalcada, sem efetivo suficiente, não tivemos como conter os condutores que escaparam da blitz”, afirmou.

A blitz foi realizada entre 1h30 e foi encerrada por volta das 6h. O motorista detido foi preso por estar dirigindo sob efeito de álcool. Os outros 17 condutores autuados sofrerão sanções administrativas, principalmente por apresentarem problemas de documentação. Ao final, dois carros e uma motocicleta foram apreendidos.

Sobre o desfalque da equipe, Styvenson lamentou a ausência do coordenador de Educação e Fiscalização do Detran, Adryano Barbosa, que nesta quarta-feira (6) foi exonerado do cargo. Ainda de acordo com o tenente, a equipe da Operação Leio Seca era composta por 15 pessoas, sendo nove policiais militares e seis agentes do Detran. “Com a saída do Adryano, nós perdemos estes seis agentes. E para piorar, dois dos policiais estão gripados e não puderam participar da blitz nesta madrugada. Ou seja, trabalhamos eu e mais seis PMs apenas”, ressaltou.

Por fim, Styvenson garantiu que uma nova blitz será realizada neste fim de semana na capital potiguar. "Apesar das dificuldades, vamos ter uma blitz. Estamos na rua para evitar acidentes e salvar vidas. Tentaremos corrigir os problemas para o fim de semana", afirmou.

Em abril deste ano, o tenente Styvenson chegou a se afastar da coordenação da Operação Lei Seca alegando "escassez de recursos e motivação". Contudo, o governador Robinson Faria (PSD) se reuniu com o oficial e garantiu que a estrutura para a realização das blitzen seria melhorada.

A exoneração de Adryano Barbosa, que atuava no Detran desde 2011, foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (6). Para o seu lugar, o governo nomeou Débora de Faria Gurgel. O Detran explicou, em nota enviada pela assessoria de imprensa do órgão, que a exoneração do coordenador foi um "ajuste na formação da equipe, como vem ocorrendo no governo do Estado".


Fonte: G1RN
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.