Caseiro de sítio mata patrão a facadas após ser demitido, diz polícia

Jovem confessou ter esfaqueado engenheiro agrônomo em Ourinhos (SP)

Engenheiro foi morto à facadas
Um caseiro de um sítio de Ourinhos (SP) foi preso nesta quinta-feira (27) suspeito de ter matado o patrão a facadas. De acordo com informações da Polícia Civil, Devanil de Jesus Caetano, de 22 anos, confessou ter esfaqueado o engenheiro agrônomo Armando Kenso Ichimura, de 56 anos, na quarta-feira (26), após receber a notícia de que seria demitido.

A polícia informou que Devanil contou que os dois saíram de carro na quarta-feira à tarde e, no meio do caminho, o empregado tentou matar o patrão. O engenheiro ainda correu para um milharal, mas foi seguido pelo suspeito, que o esfaqueou. A vítima morreu no local.

Por conta do desaparecimento, a mulher do engenheiro registrou boletim de ocorrência e durante a manhã a polícia esteve no sítio e Devanil acabou confessando o crime. O corpo de Armando Kenso está sendo velado em Ourinhos e o caseiro está preso na cadeia de São Pedro do Turvo.


Fonte: tvtem
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.