Jovem de 18 anos é preso suspeito de ter matado nove pessoas em um ano, na PB

Prisão aconteceu após suspeito assaltar posto de combustíveis. Ele estava com armas e munições com veneno de rato nas pontas.

Um jovem de 18 anos foi preso, suspeito de ter praticado pelo menos nove homicídios em Campina Grande. Segundo o comandante da Polícia Militar na cidade, major Gilberto Felipe, os crimes aconteceram nos últimos 12 meses, nos bairros José Pinheiro, Catolé e Monte Castelo. A polícia divulgou uma foto do suspeito, identificado como Jonatha Oliveira de Sousa Pontes.


No momento da prisão, o jovem estava em um carro roubado durante assalto a um posto de combustíveis. A ação criminosa teria acontecido minutos antes da abordagem policial. O jovem estava acompanhado de três cúmplices, dois adolescentes de 17 anos e um jovem de 19.

Com o grupo, foram apreendidos dois revólveres calibre 38, munições com veneno de rato nas pontas, uísques e cigarros roubados do posto e celulares de clientes que estavam abastecendo no momento do assalto.

De acordo com o tenente Paulo Renato, que comandou a prisão, no celular do jovem suspeito dos homicídios foi encontrada uma foto dele segurando uma pistola e uma metralhadora. A polícia foi até a casa do suspeito para procurar as armas, mas um cúmplice dele conseguiu recolher e fugir com os equipamentos. Na casa, os policiais apreenderam um colete balístico e 300 gramas de maconha.

Mais apreensões

Também em Campina Grande, um jovem de 18 anos e quatro adolescentes foram detidos enquanto planejavam assaltar estabelecimentos comerciais da cidade. Eles estavam em um carro no bairro do Bodocongó e portavam um revólver, um rifle e um capuz.

Todo material e suspeitos apreendidos nas duas ações foram levados para a Central de Polícia da cidade.


Fonte: portalcorreio
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.