Suspeito de matar e atear fogo no patrão em Natal é preso no Ceará

Crime aconteceu durante a madrugada desta sexta-feira.
Menos de 24 horas após a morte de Gustavo Pimentel, que foi esfaqueado e teve corpo incendiado no Guarapes, zona Oeste de Natal, o principal suspeito do crime foi preso. O homem, ainda não identificado oficialmente, mas conhecido como Gordinho, foi detido na cidade de Jaguaruana, no estado do Ceará

A informação foi confirmada ao Portal BO pelo delegado Roberto Andrade, da Delegacia de Homicídios. Ele informou, inclusive, que uma equipe da Dehom de Natal já se deslocou para o Ceará para buscar o suspeito e trazer para a capital potiguar, onde ele deverá ser autuado pelo homicídio.

Mais cedo, o delegado Luiz Lucena havia informado ao Portal BO que a polícia já tinha a identificação do possível autor do crime. De acordo com ele, o suspeito teria dito para colegas de trabalho que iria matar o patrão. O crime teria sido motivado por dívidas trabalhistas.

O suspeito teria matado Gustavo Pimentel com golpes de faca e, em seguida, levado o corpo para um galpão nos Guarapes e incendiado o local. O corpo da vítima foi encontrado carbonizado, na manhã desta sexta-feira.

Ainda de acordo com a polícia, o homem preso estava no carro da vítima, o veículo Fiat Pálio, de placas ATV-7476, que tinha sido roubado após o homicídio.


Fonte: portalbo
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.