Dez suspeitos são mortos e um policial baleado em Sento Sé, na BA

Ação começou na quarta-feira, com uma troca de tiros entre PM e suspeitos.
Um suspeito morreu na sexta, nove no sábado, e um fugiu, segundo polícia.

Dez suspeitos de fazerem parte de uma quadrilha de assaltantes foram mortos e um policial foi baleado na região de Sento Sé, norte da Bahia, em operação da Polícia Militar. De acordo com informações da PM, as mortes ocorreram na sexta-feira (16) e no sábado (17).

Segundo a PM, a operação começou na quarta-feira, quando uma guarnição da 96ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) entrou em confronto com 11 homens em dois veículos, que acabou com um policial militar baleado. A polícia afirma que, após o ocorrido, “uma grande força-tarefa” foi montada para desarticular a quadrilha, suspeita de “diversas ações delituosas” na região de Sento Sé.

Segundo a corporação, ainda na quarta, os onze homens encapuzados fugiram por uma estrada vicinal do município, abordaram um ônibus e fizeram um refém. Guarnições da 96ª CIPM, da Rondesp Norte, da CIPE Semiárido e do Grupamento Aéreo cercaram os fugitivos, com buscas entre a vegetação, nas estradas que cortam o município e também com helicóptero.

Conforme o comunicado da PM, na sexta-feira, ao tentar assaltar uma motocicleta na região de Sento Sé, um dos integrantes da quadrilha, identificado como Romildo Augusto dos Santos, disparou contra uma das guarnições da polícia e foi baleado na troca de tiros. Romildo foi socorrido pela PM, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Segundo a polícia, com ele foi encontrada uma pistola, além de três carregadores.

Na noite de sábado, de acordo com a polícia, a força-tarefa encurralou os demais integrantes da quadrilha, no povoado de Ponta D’água. No confronto, nove suspeitos foram atingidos, outro conseguiu fugir e o refém libertado sem ferimentos. Segundo a PM, o socorro foi prestado, mas os feridos não resistiram e morreram.

Com a quadrilha, a polícia apreendeu cinco fuzis, quatro pistolas, dois revólveres, munição, coletes balísticos, emulsão explosiva, roupas camufladas, balaclavas e objetos de uso pessoal que ainda são apresentados à autoridade de polícia judiciária da região.


Fonte: redebahia
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.