Jovem é morto depois marcar encontro com mulher pelo WhatsApp na PB

Segundo o delegado Canrrobert Rodrigues, o jovem conheceu uma garota e estava trocando mensagens pelo aplicativo

Um jovem de 22 anos identificado como sendo como Péricles Thyago Targino dos Santos foi assassinado em frente de uma escola estadual no bairro do Tibiri II, na cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa. De acordo com o delegado plantonista de Homicídios da Capital, Canrrobert Rodrigues, a vítima foi morta após marcar encontro com uma mulher pelo WhatsApp, que é um aplicativo de troca de mensagens pelo celular.

Segundo o delegado, o jovem conheceu uma garota e os dois estavam trocando mensagens pelo aplicativo. Nesta quinta, eles marcaram um encontro e o rapaz foi até o local conhecer a mulher. O celular da vítima foi apreendido pela Polícia Civil e será periciado pelo Instituto de Polícia Científica (IPC) de João Pessoa.

“Quando ele estava em frente de uma escola estadual, o rapaz foi surpreendido por dois homens em uma moto – que efetuaram tiros contra ele. O jovem morreu na hora. Os suspeitos fugiram sem deixar pistas”, falou o delegado.

Rodrigues disse que o jovem era funcionário de uma indústria de água mineral e era classificado como funcionário exemplar. “Péricles Thyago era um jovem trabalhador, funcionário exemplar e não tinha nenhum tipo de envolvimento com crimes e drogas. A morte dele estar relacionada como o que podemos chamar de ‘Cheiro do Queijo’, disse.

O corpo do jovem foi levado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), no bairro do Cristo Redentor, na Capital, para ser periciado e liberado para velório e sepultamento.


Fonte: portalcorreio
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.