Presos quebram paredes em Alcaçuz, e agentes descobrem túnel no PEP

Ânimos ficaram exaltados em duas penitenciárias da Grande Natal.
Em Alcaçuz, houve baderna; No PEP, presos tentaram escapar.

Detentos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior unidade prisional do Rio Grande do Norte, fizeram uma baderna na tarde de ontem, quinta-feira (15). Para conter os ânimos, a direção da unidade acionou o Grupo de Operações Especiais (GOE) da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc). Após o tumulto, foi descoberto que presos do pavilhão 4 haviam feito um buraco passando de uma cela para outra. Portões e grades também foram forçados e quase arrancados das paredes.

"Inicialmente recebemos a informação que os presos tinham cavado um túnel. Não vimos nenhuma escavação, mas durante a contenção encontramos buracos nas paredes, que foram quebradas de um lado para o outro. Os presos da cela 1 foram retirados das carceragens e ficarão um tempo cumprindo medidas disciplinares em um outro setor", ressaltou o agente Leonardo Alves, comandante do GOE.

Túnel no PEP
Também nesta quinta-feira, homens do Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPChoque) e agentes penitenciários encontraram um túnel na Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), localizado na Grande Natal. Foi durante uma revista realizada pela manhã. De acordo com informações do BPChoque, o túnel é o mesmo descoberto no dia 29 de setembro, na cela sete do pavilhão 2 .

Ainda de acordo com o BPChoque, além do túnel ainda foram encontrados chips de celular dentro de uma das celas da unidade. A revista foi finalizada no início da tarde.





Fonte: intertv
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.