Quatro detentos são mortos em unidades prisionais do RN

A manhã da segunda-feira (5) começou com quatro mortes dentro das unidades prisionais do Rio Grande do Norte. Os crimes ocorreram no presídio Francisco Pereira da Nóbrega, o Pereirão, em Caicó, e no presídio provisório Raimundo Nonato Fernandes, em Natal. os responsáveis pelas mortes ainda não foram identificados.

No presídio provisório Raimundo Nonato Fernandes, os agentes encontraram os dois detentos mortos na manhã desta segunda-feira (5). Ambos estavam enforcados por lençóis e pendurados nas grades. Segundo a diretora da unidade, Dinorá Simas, os mortos são Edson do Nascimento da Costa e Alexand Ferreira de Freitas. Ambos respondiam por roubo e associação criminosa, mas não há a confirmação se os dois pertenciam a alguma facção do Rio Grande do Norte.

"Não sabemos de fato o que aconteceu, mas por nossa experiência sabemos que não foram suicídios. Vamos esperar a polícia ouvir os demais detentos para apurar isso", disse Dinorá Simas.

Em Caicó, no "Pereirão", foram executados José Fagner Tibúrcio e Sairo Luan Leite, mortos com facadas dentro do setor de triagem da unidade. Os detentos afirmavam que pertenciam a uma facção criminosa e seriam transferidos nesta semana. Contudo, presos rivais que estavam no pavilhão C abriram acesso através da parede, usando uma grade, e mataram os detentos com facas artesanais.

Em agosto deste ano, a Sejuc realizou quase duzentas transferências de detentos para minimizar os riscos de confrontos entre facções criminosas. Entre agosto e outubro, já foram registradas pelo menos 12 mortes dentro de presídios do estado.


Fonte: tribunadonorte


Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.