'Minha filha não merecia', diz mãe de garota degolada no RN; ex é suspeito

Adolescente, de 14 anos, foi assassinada neste sábado (7) em Ceará-Mirim.
Ex-namorado da garota, um rapaz de 19 anos, é procurado pela polícia.
Kelly Cristina Pereira e a filha dela, Kassia Fabíola Pereira de Oliveira (Foto: Arquivo Pessoal)



“Só peço justiça. Minha filha não merecia o que ele fez com ela”. As palavras são da dona de casa Kelly Cristina Pereira, de 33 anos, ao falar do ex-namorado da filha dela, um rapaz de 19 apontado como principal suspeito de assassinar a garota. Kassia Fabíola Pereira de Oliveira, de 14 anos, foi encontrada morta por volta as 14h30 deste sábado (7) em uma estrada de terra na zona rural de Ceará-Mirim, município da Grande Natal. Perícia feita no corpo aponta que ela foi degolada.

Segundo o delegado Sérgio Freitas, da Delegacia Especializada de Homicídios (Dehom), a última pessoa a ser vista com Kassia foi o ex-namorado dela. “Ele é o principal suspeito e é considerado foragido, já que não foi encontrado até o momento. Porém, enquanto não tivermos a certeza de que foi ele quem a matou, é mais prudente mantermos sua identificação no anonimato”, ponderou.

Uma tia de Kassia foi quem conseguiu dar mais detalhes do crime. Ao G1, Caroline disse que a sobrinha trabalhava como babá, momento em que o ex-namorado dela apareceu numa motocicleta e a forçou a sair com ele. "Ela só foi porque ficou com medo dele aprontar algum barraco no trabalho dela. Tenho certeza disso. Então ela deixou a criança com uma irmã e subiu na moto. Foi por volta das 12h.

Passou algum tempo e o patrão da Kassia na casa dela, já que ela havia saído e ainda não tinha retornado. Depois, soubemos que ele (o ex-namorado) ligou pra uma outra sobrinha minha dizendo que tinha matado a garota. Desde então ele sumiu. Ninguém sabe pra onde ele foi", finalizou a tia.

Além de Kassia, Kelly tem outros três filhos. Uma adolescente de 15 anos e dois garotos, sendo um de 11 e outro de 6 anos.
Amigos e parentes de Kassia se despedem dela desde o início da manhã. O sepultamento acontece no final da tarde, no Cemitério Público de Ceará-Mirim.



Fonte: G1
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.