Polícia evita extorsão a gerente de banco e suspeitos são presos

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), nessa quinta-feira (17), prendeu três homens por extorsão no município do Eusébio. Eles se preparavam para cometer um assalto na modalidade “Sapatinho” – extorquindo o gerente de uma agência bancária. O flagrante é o resultado de uma investigação realizada por equipes da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), com o apoio de policiais militares.
O crime implica em manter em cárcere privado parentes de um gerente bancário com o intuito de o pressionarem a entregar dinheiro aos bandidos. O grupo capturado teve seu plano frustrado no momento em que se preparava para abordar as vítimas. As apurações policiais indicam que há três dias eles se articulavam para cometer o delito.

Os presos são: Valdimiro Nunes Cavalcante (32), conhecido como “Miro”, que possuía mandado de prisão em aberto por furto qualificado, além de responder por roubo de veículo; Daniel Leonardo Fernandes Gomes (36), que não possuía antecedentes criminais; e Antônio Thiago Fernandes Amancio (27), que responde a dois procedimentos policiais por ameaça e lesão corporal dolosa.

Dois deles foram abordados na porta da agência do Bradesco do município, quando exigiam valores sob a ameaça de matar os parentes do gestor. O terceiro foi capturado com um veículo Fiesta roubado, usado para dá apoio à ação. Segundo os levantamentos policiais, eles já se preparavam para sequestrar familiares do gerente da instituição.

Um quarto homem foi preso durante a ação policial em sua residência, ao ser flagrado com uma pistola calibre 7.65, que seria utilizada no sequestro. As investigações sobre seu possível envolvimento no delito continuam.

Ao todo, foram apreendidos três veículos, sendo um Honda Civic de placas HIJ 8727, um carro Toyota Rav 4 de placas HZA 1611 e o Fiesta roubado; uma pistola cal. 7.65 municiada, três pares de algemas, uma fita para amordaçar as vítimas; além de celulares, notebook e máscara. Os suspeitos foram levados para a DRF e autuados  por extorsão, associação criminosa, posse ilegal de arma de fogo e uso de documento falso.


Fonte: cearaagora
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.