Homem atropela crianças, foge e é morto em troca de tiros com Agente Penitenciário

André Gomes da Silva, 30, foi morto após troca de tiros com um agente penitenciário com nome ainda não revelado pela polícia na Rua Glauber Rocha no Bairro Tiradentes na manhã deste domingo, 17, na zona norte de Porto Velho-RO.
 
André e um amigo, Eduardo Leão Miranda, voltavam de uma festa em um clube no final da Avenida Rio Madeira quando André guiando um veículo Vectra, placas HDB 3839, atropelou três pessoas em uma motocicleta Honda Biz.
 1712016-211032-3po.jpg
As vítimas, um adulto e duas crianças de 5 e 10 anos, foram arrastadas por mais de 200 metros, segundo relataram testemunhas à Polícia Militar. André empreendeu fuga e foi seguido pelo agente penitenciário que o abordou na Glauber Rocha e deu voz de prisão. André teria sacado uma pistola 380 e atirado contra o servidor público, que foi atingido na perna. O agente reagiu e matou André que já estava fora do carro. Eduardo levou um tiro de raspão. A ambulância do SAMU levou o agente para o Pronto Socorro João Paulo II, onde passa bem. Eduardo não quis ir para o hospital e preferiu aguardar a PM para contar sua versão.


Mulher quem atirou

No primeiro depoimento a guarnição de plantão, Eduardo Leão contou que o agente penitenciário seguiu ele e seu amigo até o local do crime. O servidor teria atirado várias vezes, obrigando André Gomes a reagir. O agente foi atingido e parou de atirar. Uma suposta mulher, segundo Eduardo Leão, pegou a arma e acabou de executar seu amigo.

A PM fez buscas não encontrou ninguém com as características que o companheiro da vítima relatou. Eduardo não negou o atropelamento e fuga dos dois.

Fonte: comando190
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.