Jihadista mata mãe porque ela pedia para ele deixar o Estado Islâmico

Mulher de 40 anos foi morta diante de centenas de pessoas.
Caso aconteceu na quinta-feira (7) em Al-Raqqah.
Um jihadista de 20 anos matou a mãe na cidade de Al-Raqqah, na Síria na quinta-feira (7), de acordo com observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

A mulher de cerca de 40 anos incentivava o filho a deixar o Estado Islâmico e abandonar a cidade onde a coalização tem matado integrantes do grupo.

O filho falou para a organização sobre a mãe e cometeu o crime perto do prédio dos correios onde ela trabalhava na frente de centenas de pessoas.


Fonte: g1
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.