RESUMO DA REUNIÃO DA ASSPRA EM CANGUARETAMA - Dia 18 de janeiro de 2016


"Muito proveitosa" disse Lira sobre reunião da ASSPRA em Canguaretama/RN

 A ASSPRA realizou na última segunda-feira (18), na cidade de Canguaretama/RN (sede da 2ªCPM/8°BPM), um reunião, a qual contou com a presença de diversos sócios e do Soldado Lira, presidente da ASSPRA.

O evento teve como pauta assuntos como: Movimentação das promoções da PMRN, Carnaval 2016, alimentação da 2ªCPM, condições de trabalho e outros de interesse do efetivo local.

Na oportunidade, Lira relembrou o atual cenário concernente às promoções das Praças da PM e CBM, reforçando a necessidade de participação de todos, sob o perigo da Lei de Promoção não ser efetivada.


 Sobre o CARNAVAL 2016, o dirigente informou que a entidade oficiou o Comandante Geral, Comandantes de CPI e CPRE, Comandante do 8° BPM e suas CPMs, além do Comandante do 5° DPRE e da 4ª CIPM.



Nos ofícios, a entidade, relembra a obrigatoriedade dos gestores em observar a lei, resguardando o direito dos policiais militares quanto a carga horária proporcional de 24h de serviço por 72h de folga, além da obrigatoriedade do fornecimento de alimentação, alojamento, armamento e demais condições gerais para o bom desempenho do serviço e segurança pessoal.

“Por questões de logística, alguns ofícios ainda não foram entregues, mas o serão. Entretanto, já temos informação de que nossas matérias publicadas no Blog da ASSPRA, bem como as mensagens via facebook e whatsapp já chegaram a todos os interessados, inclusive, os Comandantes dos Destacamentos.” disse Lira.

 

Continuou o dirigente “o Carnaval da Barra do Cunhaú/RN sempre é uma preocupação especial. Há anos nossa entidade tem trabalhado no intuito de assegurar aos foliões as condições de lazer sob segurança, o que exige obrigatoriamente o regramento e fiscalização dos eventos que ali ocorrem”.

Concluiu Lira “é um absurdo festas que raiam o dia. Massacram o policiamento, intensificam o número de ocorrências como brigas (garrafadas, facadas etc), além de oportunizar a incidência de crimes de estupro e homicídio, e por fim, potencializam o risco de acidentes de trânsito. Somos policiais, humanos e limitados, não semi-deuses. Segurança pública é dever de todos, não só da PM”.

A ASSPRA oficiou, ainda, os representantes do Ministério Público de Nova Cruz, Canguaretama, Goianinha e Santa Cruz, afim de que aqueles estejam cientes de todo o processo de aplicação do efetivo durante o evento carnavalesco.


Assessoria de Comunicação/ASSPRA
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.