Tenente da PM morre após ser baleado durante rondas na PB; quatro são detidos

Policial teria sido atingido por pelo menos quatro tiros; ele ainda chegou a ser atendido no bloco cirúrgico do Hospital Ortotrauma de Mangabeira, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu


Tenente Ulisses, do 5º BPM, morto após atentado a tiros

O tenente Ulisses, do 5º Batalhão da Polícia Militar da Paraíba, morreu após ser baleado durante rondas que realizava no bairro Mangabeira, na Zona Sul de João Pessoa, no início da noite desta quinta-feira (4). Após o crime, quatro suspeitos de atirar no policial foram detidos. 

Segundo levantamentos preliminares feitos pela PM, os disparos de arma de fogo teriam sido efetuados contra a viatura da polícia e o tenente teria sido atingido nas costas. Ele foi socorrido em estado grave para o Hospital Ortotrauma de Mangabeira e ainda chegou a ser atendido no bloco cirúrgico da unidade, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Policiais do 5º BPM, sob o comando do tenente-coronel Sena, passaram a realizar uma operação com buscas ostensivas no intuito de capturar possíveis suspeitos pelo crime. Quatro pessoas foram detidas e três armas de fogo apreendidas.

O governador Ricardo Coutinho, por meio do Twitter, prestou solidariedade à família do policial assassinado e pediu mudanças na legislação penal:

Governador se pronunciou por meio do Twitter



Fonte: portalcorreio

Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.