Três meses após ser baleado durante assalto, policial civil morre no hospital

Agente Gilmar estava internado no Walfredo Gurgel.

Morreu na madrugada desta segunda-feira (29), o policial civil Gilmar Bernardino de França. Ele estava internado no Hospital Walfredo Gurgel desde o dia 20 de novembro de 2015, após ser baleado durante um assalto à ônibus, quando ia para casa, no bairro de Felipe Camarão.

Gilmar Bernardino havia visto a ação de um assaltante e tentou interceptá-lo, entrando em luta corporal, mas acabou sendo atingido por um tiro no abdômen. O bandido chegou a roubar a arma do policial, que foi encontrada pouco tempo depois.

Desde 20 de novembro, o Agente da Polícia Civil estava internado e seu estado era considerado grave. Na madrugada desta segunda-feira (29), ele acabou morrendo.

"Lamentamos muito a perda do colega Gilmar. Por diversas vezes, nesse período, estivemos pessoalmente acompanhando o estado de saúde do companheiro e sempre os médicos e enfermeiros nos relatavam que ele estava sendo um verdadeiro guerreiro, lutando pela vida, pois seu quadro não era favorável", destaca Paulo César de Macedo, presidente do SINPOL-RN.


Fonte: portalbo
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.