Acusado de estupro coletivo é condenado a 27 anos de prisão no RN

No início da tarde da quarta-feira, 4, Alexandro Faustino do Nascimento, foi condenado a 27 anos de prisão e 80 dias-multa, pelo estupro de três mulheres, roubo e corrupção de menores.
Alexandro Faustino do Nascimento, foi condenado a 27 anos de prisão e 80 dias-multa

O homem sentenciado é um dos suspeitos de realizar três estupros coletivos ocorridos em 2015, nas zonas Oeste e Sul de Natal.

O juiz Guilherme Newton do Monte Pinto, responsável pelo caso, foi o responsável pela condenação do réu, que teria cometido os estupros em um intervalo de menos de um mês, entre julho e agosto do ano passado.

De acordo com o inquérito policial enviado a justiça, nos três estupros cometidos, Alexandro Faustino, juntamente com outros dois comparsas, renderam casais que estavam de motocicletas, em estrada carroçável e abusado das mulheres coletivamente, na presença dos companheiros das vítimas.

Durante as investigações ficou comprovada a participação de Alexandro fazia parte do grupo que realizou os três estupros coletivos. Constatou-se ainda que dois adolescentes, irmãos do réu, também estariam envolvidos com nos estupros.

Alexandro Faustino, também foi condenado por corrupção de menores, que somados resultou da pena, compreende 27 anos de prisão a serem cumpridos em regime inicial fechado e 80 dias-multa.



Fonte: omossoroense




Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.