ASSPRA: MAIS QUE UMA ASSOCIAÇÃO. UM CONCEITO


A Associação dos Praças da Polícia Militar da Região Agreste – ASSPRA é uma entidade de iniciativa privada, sem fins lucrativos que, em resumo, está voltada para à defesa dos direitos dos policiais militares da região, bem como da interação entre polícia e sociedade, através do exercício da cidadania.

Nossa região é carente de instituições civis organizadas e a ASSPRA pode ser vista como uma delas, que ainda em fase embrionária, tem muito a se desenvolver e crescer. Esse enquadramento de “fase embrionária” não se refere às suas lutas, pois neste campo coleciona importantes vitórias que marcam a história da PMRN. Reporta-se, mais precisamente, ao grande potencial que ainda pode ser explorado pela entidade.

Para LIRA, presidente da entidade, a ASSPRA deve ser visualizada ao menos sob três faces:
  • INSTITUCIONAL – a principal, mas não única. Voltada diretamente à assistência ao sócio, buscando disseminar o conhecimento sobre direitos, deveres, leis e regulamentos que o afetem. Está incluída nesta face a Assistência Jurídica, os benefícios e os convênios ofertados aos associados. Afinal, o sócio é o centro de tudo na ASSPRA.
  • COMERCIAL – sim, a ASSPRA tem valor comercial. Trabalhar a ASSPRA como UMA MARCA, é medida primordial para sua consolidação, fortalecimento e crescimento. Isso agrega valor, gera visibilidade, possibilita o estabelecimento de parcerias e convênios. A ASSPRA tem um grande potencial comercial a ser explorado.
  • SOCIAL – não somos uma ilha. Nossos sócios fazem parte de uma sociedade e nossa entidade também faz parte desta. Desenvolver o lado social da ASSPRA faz parte de seu objetivo geral. À medida que cresce a interação ASSPRA/sociedade todos ganhamos. Temos muito mais a contribuir com a sociedade do que temos feito até o momento. Diversos sócios têm manifestado interesse neste ponto, porque não lhes oportunizar meios. Precisamos inovar e trabalhá-la como UM CONCEITO.

De fato, é uma quebra de paradigmas buscar implantar certos conceitos de Administração moderna em uma associação de praças militares. Mas, tais conceitos embora pareçam novos, já são amplamente utilizados por empresas em todo o mundo. Como exemplo, pode-se citar a Fundação Bradesco, que resguardada as devidas proporções, utiliza-se de fundos oriundos do Banco Bradesco na busca por proporcionar melhorias sociais à comunidades específicas.

LIRA defende a utilização de modelos autossustentáveis que poderiam ser utilizados pela ASSPRA, modelos inclusive, que poderiam gerar renda para a entidade. “Ideias existem e muitas. O que vinha faltando eram voluntários para pô-las em prática. Contudo, recentemente, alguns sócios após começarem a compreender esses conceitos aqui defendidos estão se prontificando a nos ajudar. Ainda são poucos, mas já é um bom início. Ao fim, só nos fortalecemos enquanto Associação” encerrou o diretor da entidade.


Fonte:
Assessoria de Comunicação ASSPRA

Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.