Demandas de bombeiros e PMs são urgentes para melhoria do sistema prisional

Bombeiros e policiais militares demandaram do governo melhorias estruturais e a tomada de providencias administrativas fundamentais, no sentido de melhorar o sistema de segurança pública potiguar, que se encontra em grave crise.

Para isso, a valorização do profissional e a realização de algumas medidas básicas se faz urgente.

Esta semana, representantes dos agentes de segurança verificaram as condições de prisões estaduais, principalmente a situação de salubridade do presídio de Alcaçuz, cujas rebeliões advindas de guerra entre facções rivais ganharam repercussão nacional.

De imediato, conseguiram o pagamento de vales-alimentação para os policiais que atuam nessa penitenciária.

Face a grave conjuntura atual, porém, são indispensáveis deliberações mais robustas.

Por isso, os representantes reuniram-se na terça-feira (24) com a secretária-chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunhas, e, a pedido dela própria, formalizaram um documento em que constam as providências necessárias à melhoria das condições do sistema prisional.

Tratam-se de oito providências administrativas, a seguir elencadas:

✔ Promoções dos militares relativas a dezembro de 2016.
✔ Pagamento dos militares promovidos em agosto de 2016.
✔ Melhoria das condições de alojamento e refeitório dos militares que atuam em presídios, mesmo em desvio de função, bem como o pagamento a eles de vales-alimentação.
✔ Disponibilização de armamentos não letais aos fiscais de guarita.
✔ Pagamento de diárias operacionais antecipadas a profissionais que se voluntariarem previamente para serem empregados no mês seguinte ao cadastro, facilitando o planejamento institucional e trazendo credibilidade ao sistema desses proventos.
✔ Encaminhamento da Lei de Organização Básica da PMRN e do CBMRN à Assembleia Legislativa.
✔ Fim da prisão administrativa por decreto.
✔ Fim do limite de idade para o concurso de formação de Oficiais aos militares que já ingressaram na instituição.

A partir do encaminhamento dessas propostas, os representantes dos policiais e bombeiros creem numa melhoria substancial na prestação do serviço à população. O governo recebeu o documento na quarta-feira (25).


Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.