Por descumprimento de acordo, militares podem acampar em frente a Centro Administrativo

Policiais e bombeiros militares do Rio Grande do Norte podem acampar em frente ao Centro Administrativo para pressionar o Governo do Estado a cumprir o acordo extrajudicial e termo de compromisso firmado com as categorias em janeiro deste ano. 

Em assembleia realizada na manhã desta quinta-feira (23), no Clube Tiradentes, os militares decidiram por esse posicionamento, dando ao Executivo prazo até 10 de abril para cumprir as cláusulas já avençadas. 

Na terça-feira (22), representantes das entidades associativas e do Governo se reuniram para debater o tema, quando houve compromisso da efetivação de medidas urgentes, como a questão dos níveis remuneratórios, o pagamento do retroativo, a implantação das promoções de dezembro de 2017, entre outros. 

O termo de compromisso e acordo extrajudicial foi firmado em 10 de janeiro deste ano. Com ele, finalizou-se o movimento Segurança com Segurança e se estabilizou uma das maiores crises da segurança pública já registradas no Estado. Seu cumprimento é indispensável para a melhoria do setor. 

Assessoria de Comunicação das Associações de Praças da Polícia e dos Bombeiros Militares do RN

(Foto de arquivo)
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.