Helicóptero de general brasileiro é alvejado na República Democrática do Congo

Rebeldes atacaram soldados das forças de paz das Nações Unidas

Três pessoas morrem após casa desabar!

Casal e mãe de uma das vítimas morreram na madrugada desta quarta (6)

Professor que teve nariz quebrado por estudante vai abandonar a profissão

'Todos da escola sabem como o garoto é perigoso', relata vítima de 36 anos.

Peritos do ITEP encontraram calça e camisa no interior do carro de Máximo Augusto

O veículo, um Pálio de cor branca, foi encontrado abandonado

Idoso é atropelado por moto em em João Pessoa

Motociclista não prestou socorro.

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Três pessoas morrem após casa desabar!

Casal e mãe de uma das vítimas morreram na madrugada desta quarta (6).
Adolescente e idoso tiveram ferimentos leves, segundo bombeiros.



Três pessoas da mesma família morreram na madrugada desta quarta-feira (6) após uma casa desabar em Criciúma, no Sul de Santa Catarina. O caso aconteceu no bairro Maria Céu, por volta das 2h. A Defesa Civil isolou o local.

Segundo os bombeiros, faleceram o casal Daiane Osório e Adriano de Souza, de 30 e 31 anos, e Valdete de Souza, de 66 anos, mãe de Adriano. Na casa de dois andares também estavam o filho de Daiane, de 15 anos, e um idoso de 70 anos, marido da mulher de 66 anos, que tiveram ferimentos leves.
A residência, que fica em uma região plana, era de alvenaria com dois andares. A construção, calculam os bombeiros, tinha de quatro a cinco anos.

Conforme os bombeiros, a casa cedeu no próprio centro, com o segundo andar caindo sobre o primeiro. Nenhuma outra residência da região foi afetada.
As vítimas fatais ficaram nos escombros e morreram soterrados. Pelos relatos dos sobreviventes, o idoso estaria em um banheiro no momento da queda e o adolescente no próprio quarto, ambos cômodos na parte de trás da casa, mais distante do centro do desmoronamento.

As causas do desabamento ainda são estudadas pela Defesa Civil. Segundo os bombeiros, o local passará por perícia do Instituto Geral de Perícias (IGP) e consulta técnica de um engenheiro. Os bombeiros também emitirão um laudo do desabamento.


Fonte: RBS Tv

Idoso é atropelado por moto em em João Pessoa; motociclista não prestou socorro.

Moto envolvida no acidente foi removida do local antes da perícia.
Motociclista também ficou ferido, mas não aguardou o socorro.



Um idoso ficou ferido após ser atropelado por uma moto na manhã desta quarta-feira (6) na
a avenida Epitácio Pessoa, no bairro da Torre, em João Pessoa. De acordo com a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob), o acidente aconteceu por volta das 6h45, e até as 7h45 uma das faixas ficou fechada no sentido Centro-Praia. O idoso foi socorrido por uma ambulância do Corpo de Bombeiros.

Um agente de trânsito da Semob, que se identificou apenas como Assis, contou, em entrevista à TV Cabo Branco, que o motociclista também ficou ferido, mas tanto ele quanto a moto foram removidas do local antes da chegada do socorro e da perícia.
"Quando cheguei no local havia duas vítimas, um motociclista e um idoso. Eles foram orientados a não se mexer pois o Samu e a perícia já tinham sido chamados, daí eu saí e fui orientar o trânsito para evitar outro acidente. Neste momento chegou outra pessoa conhecida do motociclista e disse que ia remover a moto. Eu expliquei que não podia, pois o acidente tem vítima e neste caso o veículo tem que ficar até a perícia ser feita. Alguns minutos depois, quando olhei, a moto não estava lá, e o motociclista, que também estava ferido, foi levado em outro veículo antes do socorro chegar", disse Assis.

O agente de trânsito explicou que a moto envolvida no acidente estava com o emplacamento atrasado. "Verifiquei no sistema, a moto estava com a restrição. Acredito que por isso as pessoas removeram do local, para não ficar apreendida. Já informei para a equipe e agora vamos tentar localizá-la no trânsito. Ela não deveria ter sido removida, primeiro pois o acidente tem vítimas e segundo por causa da restrição", concluiu.


Fonte: Tv cabo branco

Professor que teve nariz quebrado por estudante vai abandonar a profissão

Agressão aconteceu na terça-feira (5) em Rio Claro, SP, no horário de aula.
'Todos da escola sabem como o garoto é perigoso, relata vítima de 36 anos.



“Quando tenho aula, já entro na sala com medo. Todos da escola sabem como o garoto é perigoso”. É assim que o professor Walter da Rocha e Silva de Rio Claro (SP) descreve o aluno de 14 anos que o agrediu e quebrou seu nariz com um bloco de concreto dentro da escola na terça-feira (5). Professor de química há 4 anos, ele disse ao G1 nesta quarta-feira (6) que vai abandonar a profissão por falta de segurança no trabalho e má remuneração.
O professor de 36 anos deve passar por uma consulta ainda nesta quarta-feira para avaliar se vai precisar de cirurgia. A agressão aconteceu durante a manhã de terça-feira na da Escola Estadual João Baptista Negrão. Silva relatou que o adolescente fazia bagunça na sala de aula e, após uma breve discussão entre ambos, o jovem foi expulso do local e encaminhado à diretoria. O adolescente, entretanto, retornou à sala para buscar o material.

“Assim que ele saiu, eu, a diretora e a coordenadora o acompanhamos até a direção. Ele estava na porta da diretoria e, quando me aproximei, fui acertado com o bloco no nariz”, afirmou Walter.
O bloco também acertou uma aluna que estava na secretaria. O menor fugiu da escola antes da chegada da polícia, e o professor foi encaminhado ao pronto-socorro da cidade, onde registrou um boletim de ocorrência. Ele teve ferimentos no rosto e quebrou o nariz. Já a aluna não apresentou ferimentos.
Silva, que trabalha há dois anos na escola e dá aulas de terça e quinta-feira, disse que já sabia do histórico do estudante. De acordo com ele, outros professores já tinham avisado sobre o perigo que o garoto apresentava, por ser  violento e já ter tido problemas com a polícia anteriormente.
Falta de incentivo
Embora seja a primeira agressão sofrida, Silva disse conhecer casos de agressão em outras unidades de ensino. Ele disse que isso se deve ao fato de alunos serem empurrados para a escola desde cedo, mesmo sem vontade de estudar. “A escola virou um depósito de alunos. É uma cadeia que os estudantes ficam meio período. Deveria ser assim: o aluno vai porque quer estudar. Se não quiser, não entra”, afirmou.

O professor, que está terminando a pós-graduação, disse ter a certeza de que vai largar a profissão. “O professor sofre muito no trabalho, é mal remunerado, corre risco e não tem proteção. Se fosse com a polícia, teriam como se defender, mas o que o professor pode fazer? No máximo jogar um giz no aluno”, declarou.

Violência
A Diretoria Regional de Ensino de Limeira afirmou, em nota, que repudia qualquer ato de violência e lamentou o ocorrido na escola. "A direção da unidade prestou todo atendimento ao professor e realiza o acompanhamento do docente. A Ronda Escolar foi acionada e um boletim de ocorrência registrado", explicou.

O comunicado também alega que as escolas contam com o sistema de proteção escolar, que busca incentivar a participação dos responsáveis e da comunidade nas ações preventivas à violência.

"Vale ressaltar que já está agendada uma reunião do conselho escolar com os responsáveis e o conselho tutelar para definir as punições ao estudante de acordo com o regimento escolar. A direção da unidade de ensino está à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos", finalizou.



Fonte: G1

Helicóptero de general brasileiro é alvejado na República Democrática do Congo

Rebeldes atacaram soldados das forças de paz das Nações Unidas


NAÇÕES UNIDAS — Rebeldes emboscaram na terça-feira uma unidade de soldados da Tanzânia das forças de paz da ONU na República Democrática do Congo, matando dois militares e ferindo 13. Um dia antes, o helicóptero do general brasileiro Carlos Alberto dos Santos Cruz foi alvejado. O comandante saiu ileso após uma aterrissagem de emergência.

Segundo Cruz, as operações militares contra grupos armados devem se intensificar. A ONU afirmou que soldados tanzanianos foram atacados por supostos membros das Forças Democráticas Aliadas (ADF, na sua sigla em inglês), em Beni, no Kivu do Norte.

“O secretário-geral condena com os termos mais fortes contínuas atrocidades cometidas pelas ADF contra civis indefesos na área de Beni”, diz um comunicado da ONU.

O Leste do Congo, rico em minerais, sofre com a violência de vários grupos rebeldes armados, incluindo o ADF. A missão de paz, a maior da ONU, inclui uma brigada de intervenção que tem o objetivo de combater insurgentes.

Herve Ladsous, chefe da força de paz, visitou o Congo no mês passado em uma tentativa de suavizar as relações com o presidente Joseph Kabila, que quer a força de paz, conhecida como MONUSCO, reduza significativamente a sua presença e planeje uma eventual saída do país.

O enviado da ONU para o Congo, Martin Kobler, advertiu que uma saída muito prematura da missão, que tem 21 mil soldados, seria desastrosa.

De acordo com as Nações Unidas, até 31 de março, foram mortos pelo menos 86 soldados das forças de paz, principalmente por acidente ou doença.


Fonte: Globo

Em São José do Mipibu: homem é morto após discussão.

Um homem identificado como LEANDRO FRANCISCO DE BRITO foi morto com um disparo de arma de fogo no município de São José de Mipibu/RN, na manhã desta quarta-feira (06).



Segundo informações, a vitima era trabalhador braçal, na função de descargas de caminhões e carretas, e estava em um posto de combustível que fica às margens da BR 101, quando começou uma discussão com outro homem.

De acordo com testemunhas, Leandro estava no seu ponto de trabalho quando começou uma discussão com um homem que estava em um carro. O homem teria saído logo depois retornado e efetuado o disparo contra Leandro, que ainda foi socorrido pelo SAMU, mas não resistiu e morreu antes de ser encaminhado ao pronto socorro.

O suspeito saiu com destino ignorado após cometer o crime de homicídio que até o momento, ocorrido depois de um “BATE BOCA” por um motivo ainda desconhecido.

As Polícias Civil e Militar compareceram ao local e a investigação ficará na responsabilidade do Delegado Civil Dr. Marcos Geriz e sua equipe.

Fonte: 190RN

Polícia encontra ossada em matagal de Parnamirim

Policiais da Dehom (Delegacia Especializada de Homicídios) encontraram uma ossada humana, na manhã desta quarta-feira (6), no cruzamento das ruas Aeroporto Jacaré Paguar com a Aeroporto Salgado Filho, no conjunto Jardim Aeroporto, bairro Emaús em Parnamirim.



De acordo com um dos policiais da especializada que preferiu não ter o nome revelado, a vítima pode ter sido morta no local ou o corpo desovado no local. “Devido ao estado eu se encontra a ossada somente com exames realizados no Instituto Técnico e Científico de Polícia que será possível uma identificação”, disse.

A ossada foi recolhida pelos peritos do ITEP e encaminhada a sede do Instituto no bairro da Ribeira. A equipe da Dehom ainda ouviu alguns populares moradores da localidade a fim de colher informações sobre o fato, no entanto o que foi anotado pelos agentes ficou em sigilo.

Fonte: PortalBo

Peritos do ITEP encontraram calça e camisa no interior do carro de Máximo Augusto

Os peritos do Instituto Técnico e Cientifico de Polícia – ITEP, estão fazendo na manhã desta quarta-feira (06), buscas por evidências no carro do estudante Máximo Augusto, encontrado morto na zona rural da cidade de São Gonçalo do Amarante, no final da manhã do domingo (03). O veículo, um Pálio de cor branca, foi encontrado abandonado no Bairro de Candelária, em Natal, na manhã desta terça-feira.



A Perita Criminal, Lidyce Guerrae, disse ao Blog Sidney Silva, que inicialmente foi identificado um dano por colisão em objeto sólido que atingiu o capô do carro. “No interior foram encontradas porções de areia que provavelmente é do local onde o corpo foi encontrado e duas peças de roupa, sendo um calça jeans black e uma camisa de coloração avermelhada. Não podemos dizer que era da vítima, pois, não sabemos quais às roupas que ele vestia“, informou.

O trabalho desta quarta-feira terá o objetivo de encontrar material biológico para fazer exames de DNA, que identifique os autores ou autor do crime, além de digitais.

“Na primeira avaliação feita no carro não foram encontradas manchas de sangue, pelo menos visíveis, elas não estão. Precisamos ver agora se será necessário o uso do luminol. Somente com o aval do delegado da Polícia Civil, que conduz o caso é que poderemos fazer“, disse.


Fonte: Sidney Silva

terça-feira, 5 de maio de 2015

Homem apontado como maior ladrão de cargas de SP é preso!

Ele é suspeito de chefiar mega-assalto ao depósito do Magazine Luiza.
Polícia apreendeu fuzil, munição, carros e celulares.



Policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) prenderam na madrugada desta terça-feira (5), em Sorocaba (SP), um homem apontado pela polícia como o maior ladrão de cargas do Estado de São Paulo. Ele é suspeito de chefiar o mega-assalto ao depósito do Magazine Luiza, em Louveira (SP), entre a noite de sexta-feira (1º) e a madrugada de sábado (2). Criminosos armados usaram dois caminhões e duas carretas para roubar eletro-eletrônicos, como tablets e celulares.

 Os policiais chegaram até Albiazer Maciel de Lima, o Bia, de 38 anos, após meses de investigação. Albiazer foi preso em uma casa no Trujillo, bairro de classe média na região central da cidade.

Segundo o Deic, Albiazer chefiava uma quadrilha de 40 ladrões. Dez já foram identificados pela polícia.

Na casa onde ele estava foram apreendidos um fuzil, uma pistola e grande quantidade de munições, além de fardas de combate, 18 celulares e dois veículos. Os policiais ainda encontraram dois notebooks e um tablet que teriam sido roubados da fábrica da Samsung em julho de 2014, em Campinas (SP).

Ainda segundo o Deic, os celulares apreendidos eram usados para comunicação entre os criminosos durante as invasões. Além de comandar roubos em depósitos, Albiazer também possui passagens por outros assaltos, inclusive a banco. As investigações do Deic prosseguem agora com o objetivo de identificar o restante dos envolvidos na quadrilha.

Mega-assalto
Segundo a Polícia Civil, o coordenador de segurança do centro de distribuição foi rendido por um criminoso ao chegar para trabalhar, às 0h10, e foi obrigado a entrar no espaço instalado no km 67,8 da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), onde outros funcionários já estavam sob poder dos criminosos.

 Os vigilantes tiveram cinco revólveres e quatro coletes roubados. Os criminosos usaram perucas e bigodes postiços, além de unifornes do Magazine Luiza, de acordo com depoimentos à polícia. Há a suspeita de que informações internas tenham sido repassadas ao bando.

A ação, segundo a polícia, durou cerca de 2h e aproximadamente 80 funcionários estavam no local. Há suspeita de que informações internas tenham sido repassadas, já que eles aproveitaram o horário de troca de turno para efetuar o roubo.

Caminhões encontrados
Na noite de sábado (2), parte da carga levada no mega-assalto foi localizada. Segundo informações da Polícia Civil, o caminhão achado estava em Santo Antônio do Jardim (SP), perto da divisa com Minas Gerais.

No domingo (3) a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Campinas localizou outros três caminhões com produtos roubados no mega-assalto. Os veículos estavam em um galpão em Louveira.

Em nota, a empresa confirmou que "parte substancial" da carga foi recuperada e ela será inspecionada. "Estamos colaborando ativamente com as autoridades policiais fornecendo todas as informações necessárias para a investigação deste crime e recuperação do saldo de mercadorias", diz nota. Não houve feridos durante o crime.

Fonte: Tv Tem

Homem invade velório e atira contra caixão de jovem em João Pessoa

Rapaz havia sido baleado no domingo e morreu na segunda-feira.
Polícia acredita que havia rixa entre o jovem e o atirador.



Um homem armado invadiu um velório e atirou contra o caixão onde um jovem estava sendo velado na madrugada desta terça-feira (5), no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar, o jovem havia sido baleado no domingo (3), em Mangabeira, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital, na segunda-feira (4).

 A invasão do velório aconteceu por volta das 4h. Segundo a PM, o pai, a mãe e a irmã do jovem velavam o corpo em um saguão de uma central de velórios quando um homem chegou ao local, pediu para que a família se afastasse e atirou duas vezes contra o caixão.

Ainda de acordo com a PM, os policiais realizaram buscas pela região, mas o atirador não foi encontrado até as 7h15. A família não soube explicar aos policiais quem seria a pessoa que atirou, mas a polícia acredita que existia alguma rixa entre o jovem e o atirador.


Fonte: G1-PB

Secretaria de Segurança quer promover mais de 1.870 militares em 2015

Durante o encontro, que ainda contou com a participação dos representantes das associações de Praças, de ambas as corporações, foi anunciado que, o Poder Executivo Estadual, tem como expectativa a promoção de pelo menos 1.870 praças

A secretária estadual da Segurança Pública, Kalina Leite, esteve reunida na manhã desta segunda-feira (4) com os Comandantes do Corpo de Bombeiros, Coronel Otto Ricardo, e da Polícia Militar, Coronel Ângelo Dantas, para definir um cronograma de promoções dos militares estaduais a ser seguido pelo Governo do Estado, em 2015, visando atender ao processo de acessão profissional, garantida legalmente à categoria, no segundo semestre de 2014, por meio da Lei de Promoção de Praças.

Durante o encontro, que ainda contou com a participação dos representantes das associações de Praças, de ambas as corporações, foi anunciado que, o Poder Executivo Estadual, tem como expectativa a promoção de pelo menos 1.870 praças, neste ano, sendo 1.232 em maio, 465 em agosto e 173 em dezembro. A apresentação e o detalhamento oficial destes dados ainda será publicada, por meio de uma Portaria, nesta semana.

De acordo com o secretário adjunto da Sesed, Caio Bezerra, o número previsto de promoções pode aumentar até as respectivas datas. “Esses números representam a nossa expectativa dentro da realidade atual. Até as próximas datas de promoções ainda deverão ser computados os quantitativos de reservas e reformas que surgirem neste período.Paralelamente, trabalhamos em outras frentes legais que possibilitem um novo entendimento quanto as recomendações do Ministério Público (MPRN) e do Tribunal de Contas do Estado do RN (TCE-RN) a respeito dos impedimentos propostos com base na Lei de Responsabilidade Fiscal. Se conseguirmos mudar este entendimento, junto aos órgãos controladores, conseguiremos um grande avanço. Estamos trabalhando nisso!”, disse.

Promoções previstas. (Esses números poderão aumentar)
Corporação
Maio
Agosto
Dezembro
Policiais
1126
384
108
Bombeiros
106
81
65
1.232
465
173
Entenda a lei

Em julho do ano passado, o Governo do Estado, sancionou a Lei Complementar nº 515/2014 que trata do regime de promoção de praças da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte. De acordo com a nova lei de promoções, os Praças “terão acesso e a evolução na hierarquia militar, mediante promoção de forma seletiva, gradual e sucessiva, que se dará através de ato administrativo vinculado”.
Os critérios de promoção, a partir de agora, são antiguidade, merecimento, post mortem, bravura e ressarcimento de preterição. O último regime de promoção válido para soldados, cabos e sargentos das corporações era regulamentado pelo Decreto 7070, de 7 de fevereiro de 1977. As associações de classe cobravam uma nova lei e o cumprimento da mesma. Dentre as providências descritas na lei estão o período para que ocorram as promoções, os prazos para o Estado concedê-las, os cursos de formações e a instituições das comissões que analisarão os pedidos.

Fonte: Portalnoar