Tentativa de Assalto termina em morte, no Vale Dourado. Natal/RN

O segurança de uma loja, ao perceber que aconteceria o assalto atirou no bandido.





Na tarde da última segunda-feira (29), por volta das 16:00hs, um segurança de uma loja que (Avenida Santarém, no Vale Dourado - Natal) atirou e matou um elemento que tentava assaltar o estabelecimento.

As informações são que o elemento - até o momento não identificado - chegou ao comercio "Santa Maria" juntamente com uma mulher, abordo de uma moto tipo trax.

Ao perceber que seria um assalto o segurança atirou no bandido. Ainda de acordo com as informações, após os disparos a mulher fugiu com um saco de roupa e o revolver do bandido, ela ainda tentou ajuda-lo, mas ele caia e levantava, por isso ela resolveu sair correndo sozinha e não mais foi vista.

O elemento ainda tentou fugir correndo pelas rua Irmã Vitoria mas caiu em uma calçada na rua Henrique Dias, nas proximidades do Comércio, marcas de sangue ficou por todo o chão por onde o mesmo passava.

Fonte: focoelho.com


Jovem foi vítima de tentativa de homicídio na madrugada desta terça feira em Mossoró RN



A violência parece não dar trégua em Mossoró,na região Oesate do Rio Grande do Norte e a cidade registrou mais uma tentativa de homicídio por arma de fogo.
Na madrugada desta terça feira , 30 de dezembro de 2014, Marcelo Bruno Alves dos Santos,conhecido como Queixinho, de 20 anos de idade, foi baleado quando passava próximo a Cobal na Avenida Dix Neuf Rosado, no Centro da cidade.

Segundo a polícia ele foi atingido com um disparo tansfixante na região lombar,e socorrido por uma ambulância do Samu para o Hospital Tarcísio Maia.

A Polícia não tem informações sobre a motivação nem os os suspeitos do crime,mas,informou que Queixinho tem passagens por delegacias pela prática de pequenos furtos.

Fonte: Policia24horasmossoró

Preso um dos maiores ladrões de banco de SP!

Preso um dos maiores ladrões de banco na Rodovia Ayrton Senna


Policiais civis do Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas (Decade) prenderam nesta segunda-feira (29) R.B. da Rocha, vulgo Dão, um dos principais ladrões de bancos de São Paulo. A prisão foi realizada numa praça de pedágio na rodovia Ayrton Senna, em Guarulhos (Grande SP), por volta das 17h.

Segundo os policiais, “Dão” tem pelo menos três mandados de prisão preventiva, expedidos pela Justiça estadual e outro pela Justiça Federal, todos por roubo a banco e formação de quadrilha.

Fonte: Polícia Civil do Estado de São Paulo

Mais de 40 corpos recuperados em buscas por avião da AirAsia

Indonésia confirma que objetos avistados no Mar de Java são da aeronave que sofreu acidente no domingo



JACARTA — Mais de 40 corpos foram recuperados por um navio da marinha indonésia nesta terça-feira durante as buscas pelo voo QZ8501 da AirAsia, informou um porta-voz da Marinha à agência AFP.
Veja Também


— O navio de guerra Bung Tomo recuperou 40 corpos e o número cresce — disse Manahan Simorangkir.

Após quase três dias de buscas, autoridades indonésias confirmaram que os destroços localizados no Mar de Java, a sudoeste da ilha de Bornéu, pertencem ao avião desaparecido no domingo (horário local). A confirmação veio horas após a notícia de que um pescador tinha encontrado os objetos.

— Por enquanto, podemos confirmar que se trata do avião da AirAsia e o ministro de Transportes partirá em breve para Pangkalan Bun, na região onde os destroços foram detectados —, disse o diretor-geral da aviação civil da Indonésia, Djoko Murjatmodjo.

Familiares das 162 pessoas que viajavam no avião se abraçaram e choraram em Surabaya, na Indónesia, de onde o avião decolou rumo a Cingapura, ao ver pela televisão as imagens de um corpo flutuando no Mar de Java.

A Agência Nacional de Buscas e Resgate da Indonésia (Basarnas) afirmou que os pedaços da porta e de uma rampa de emergência da aeronave estavam a cerca de dez quilômetros da última posição registrada pelos radares. Dois helicópteros foram ao local para confirmar que os objetos pertenciam ao avião. Uma fragata da Marinha foi enviada para recuperar os destroços.
Imagem área mostra o que podem ser os detroços da aeronave da AirAsia - Bau Ismoyo / AFP

A mídia local informou que na área onde os objetos foram encontrados era possível ver corpos, coletes salva-vidas e bagagens.

Mais cedo, o diretor da Basarnas, Henry Bambang Soelistyo, disse que estava 95% certo de que os objetos eram do avião, acrescentando que uma sombra foi descoberta debaixo de água que parecia ser a forma de uma aeronave.

O CEO da AirAsia, Tony Fernandes, manifestou condolências às famílias:

"Meu coração está cheio de tristeza por todas as famílias envolvidas no QZ 8501. Em nome da AirAsia, minhas condolências", escreveu no Twitter.

Nesta terça-feira, as autoridades locais ampliaram a operação de busca. São 13 áreas, incluindo as águas do norte do Mar de Java, o estreito de Karimata e o norte da ilha de Bangka. Já em terra, foram acrescentadas a ilha de Belitung e o sudoeste de Bornéu.

Os Estados Unidos atenderam ao pedido de ajuda e passaram a integrar as equipes de buscas, inclusive, com o envio de um destróier USS Sampson. Ao todo, são cerca de 30 navios, 15 aviões e sete helicópteros na operação, que conta ainda com a ajuda de Malásia, Cingapura, Austrália, Coreia do Sul, Tailândia e China.

Fonte: O Globo

Presos três suspeitos de terem matado idosa

SEVIC da 2ª DP esclarece mais um crime em Ji-Paraná e prende três suspeitos de terem matado idosa


Logo após o bárbaro crime que aconteceu no último dia 23, onde uma idosa de 75 anos foi violentamente morta, e com a prisão de uma suspeita, Policiais Civis do Sevic da 2ª DP, sob o comando do Delegado Titular Dr. Rildo Maciel, iniciaram as investigações e, na manhã desta segunda-feira (29), encerraram o caso com a prisão de três pessoas.

Notícia publicada em 23/12/2014 - 19:28:12 - Aposentada é brutalmente assassinada em sua residência; PM conduz suspeita para a delegacia




De acordo com a Polícia, Elisângela de Jesus Caetano, vulgo “Elisângela Noiada”, que está cumprindo pena por diversos crimes e atualmente encontra-se usando a tornozeleira eletrônica, matou a idosa para roubar o dinheiro da aposentadoria.

As investigações ainda apontam que Elizângela teve a ajuda de mais dois usuários de drogas para cometer o crime. Eles foram presos nesta manhã e identificados como Irineu Barretos Mariano, de 35 anos, vulgo “Chucky”, e Jackson Rosa da Silva, de 22 anos.

Jackson Rosa, que já respondeu por um homicídio, confessou o crime e falou que estava na casa naquela manhã. Segundo ele, Elizângela o convidou para roubar a aposentadoria que a vítima havia acabado de receber. Então, ele e o “Chucky”, entraram na casa e começaram a revirar o guarda-roupas, enquanto a Elizângela segura a aposentada. Em seguida, quando saiu da casa, avistou a presidiária esmagando a cabeça da idosa. Depois, todos saíram da casa sem levar nada.

Já Irineu, negou as acusações e falou que nem sequer estava no local do crime naquele dia. A presidiária Elizângela de Jesus, foi recolhida ao Presídio Agenor Martins de Carvalho e aguardará, presa, o pronunciamento da justiça.


Fonte: Comando 190





Presos usam túnel e fogem do Complexo Penal João Chaves

Uma fuga foi registrada no final da manhã desta segunda-feira (29) na Complexo Penal Doutor João Chaves, na zona Norte de Natal. Segundo José Jonailson de Souza, diretor da unidade, os presos usaram um túnel no pavilhão B do presídio para conseguir fugir. Ainda não se sabe quantos presos conseguiram deixar o local.



De acordo com o diretor, o horário de visita havia acabado momentos antes da fuga. "Era horário de visita e o presídio estava cheio. Eles aproveitaram o movimento para fugir pelo túnel", explicou ele.

Ainda segundo Jonailson, os agentes chegaram a efetuar disparos para tentar conter os detentos. O diretor contou ainda que não sabe quantos presos podem ter fugido. "Estamos aguardando a chegada do reforço dos policiais e agentes para fechar o pavilhão e iniciar a contagem dos presos", disse.

O diretor da unidade prisional contou ainda que moradores afirmaram ter visto um carro modelo Santanna de cor prata auxiliando na fuga. "Os presos teriam entrado no veículo e arrancado, mas ainda não temos a confirmação se esse veículo ajudou na fuga",  afirmou o Jonailson.

A polícia está em diligências na região em busca do veículo que teria auxiliado na fuga.

Fonte: Tribuna do Norte

Soldado da PM morre baleado; ‘Falei para ele não entrar na polícia’, diz mãe

O soldado do 12º BPM (Niterói) Douglas Leonardo Alencar, de 30 anos, morreu baleado, no início da tarde de desta segunda-feira, no bairro do Fonseca, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio.

Ele estava em frente a uma agência do Banco Itaú, na Alameda São Boaventura, quando foi rendido por seis homens armados, que estavam de moto. De acordo com relatos de testemunhas, os bandidos pegaram a arma e dinheiro do policial - segundo as primeiras informações ele faria um depósito - e atiraram no agente. Mesmo baleado, Douglas ainda conseguiu andar alguns metros, mas acabou caindo. Foi quando levou outros seis tiros.


O PM morreu no local. Momento depois do crime, a mãe dele foi até onde estava o corpo. Em desespero, a mulher - que não foi identificada - gritou:

- Eu falei para ele não entrar para a polícia. Sabia que isso ia acontecer com o meu filho.


A mulher deixou o local amparada por um parente. O comandante do 12º BPM (Niterói), coronel Gilson Chagas, também esteve no local do crime e contou que o soldado estava de folga.

- Estamos indignados e daremos todo o apoio para que esse caso seja esclarecido - disse o oficial.
Douglas morava no Barreto, também em Niterói, e tinha dois filhos. Ele estava há cinco anos na corporação. As investigações sobre a morte do soldado ficarão a cargo da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG). O corpo do soldado segue para o Instituto Médico-Legal (IML) de Niterói, onde será necropsiado. Não há informações de local do enterro.

Fonte: Extra

Homem que diz ter matado 11 pessoas se entrega à polícia

Um homem que afirma ter matado 11 pessoas na Baixada Fluminense e na Região Serrana se entregou, na semana passada, a agentes da 6ª DP (Cidade Nova). Michel de Oliveira, de 31 anos, é morador de Nova Belém, em Japeri, e disse, em depoimento à polícia, que decidiu se entregar porque havia se arrependido de seu último crime.


Oito vítimas dos crimes de Michel já foram identificadas pelos agentes — todos desafetos do criminoso. Após ser detido, ele foi encaminhado para a 63ª DP (Japeri). Entre os crimes já confirmados pela polícia está o do padrasto de Michel, morto a facadas e esquartejado em seguida.
Segundo o delegado titular da 63ª DP, Flávio Loureiro, as motivações de Michel eram banais, como discussões e ameaças de morte:

— Pode ser que os crimes de Japeri estejam relacionados ao tráfico de drogas. Dos oito inquéritos, quatro aconteceram em Japeri, e quatro em Teresópolis. O primeiro foi em janeiro de 2009 quando ele atirou em uma pessoa dentro de um bar. No mês seguinte, ele matou uma vítima em uma baile de carnaval. O terceiro foi em outubro e ele alega ter matado duas pessoas que estavam assaltando pela região de Nova Belém. O último, em março de 2011, aconteceu após uma discussão em uma festa.
Michel afirma ser viciado em drogas e diz que está cansado da vida de crimes:

— Decidi me entregar por arrependimento. Estou cansado de levar essa vida de crimes. Na verdade, eu não levava uma vida, eu era uma coisa ambulante que vivia andando na terra e matando tudo por conta do meu vício por drogas.
Ainda segundo o delegado, as descrições dos crimes estão coincidindo com os inquéritos:

— A descrição dele bate certinho com o que está nos inquéritos, tanto os nomes das vítimas quanto a dinâmica dos assassinatos. Só a confissão já é suficiente para prendê-lo, mas iremos apurar as motivações, precisamos saber se ele está arrependido ou está sendo obrigado a confessar esses crimes.

Michel tem uma passagem na polícia por porte de drogas para consumo próprio. Ele foi autuado em 2012, em Teresópolis.

Fonte: Extra 

Traficantes são presos com cocaína


Policiais Militares da 1ª Companhia do 43º Batalhão de Polícia Militar do Interior flagraram, na noite de sábado (27), indivíduos praticando tráfico de drogas pela Rua Henrique Caroni, Jardim São Gabriel - Pitangueiras/SP.

Ao avistarem dois adolescentes deixando a residência, os jovens foram abordados e com eles encontradas 02 cápsulas plásticas contendo cocaína. Ao averiguarem a residência, localizaram um adulto e um adolescente com 207 cápsulas da mesma droga, 220 cápsulas vazias e R$ 1.440,00 reais em cédulas de pequeno valor.

As drogas, as cápsulas vazias e o dinheiro foram apreendidos na Central de Polícia Judiciária. O homem e o rapaz que estavam comercializando as drogas foram recolhidos à Cadeia Pública da cidade de Jaboticabal/SP. Os dois adolescentes que haviam comprado a droga foram liberados.

Fonte: PM RN - Comunicação Social

Robinson Faria anuncia novos nomes para o Governo

Eis os nomes anunciados pelo governador Robinson Faria para compor o Governo que começa quinta-feira.

IMG_7741.PNG



ADMINISTRAÇÃO DIRETA:
Secretaria de Administração e Recursos Humanos - Gustavo Maurício Filgueiras Nogueira
Administrador, Psicólogo com doutorado em conflito, negociação e decisão. Professor universitário. Experiência na administração pública na Secretaria de Finanças do Município de Campina Grande, Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão e de Administração do Estado da Paraíba.

Secretaria de Esporte – George Câmara
Vereador de Natal, advogado e industriário. Funcionário da Petrobras. Publicou o livro “Da Janela da Metrópole e a publicação “Gestão Metropolitana de Natal”. Integrante de conselhos de transportes, Região Metropolitana, saneamento, Cidades e proteção ambiental.

Secretaria da Juventude – Maria Divaneide Basílio
Possui graduação em Ciências Sociais – Bacharelado em Antropologia e Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e é Mestre e Doutoranda em Ciências Sociais pela UFRN. Foi Chefe de Gabinete da Secretaria Nacional de Juventude do Governo Federal. Exerceu ainda a função de Consultora Nacional do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura, no tema juventude e territórios.

Secretaria de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária – Raimundo da Costa Sobrinho
Atualmente é Delegado Federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário no Estado do Rio Grande do Norte. Foi Coordenador da Assessoria Técnica da FETARN (Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte). Exerceu os Cargos de Diretor Nacional do Programa de Crédito Fundiário na Secretaria de Reordenamento Agrário – SRA/MDA e também foi Secretário Nacional Adjunto da SRA/MDA, em Brasília-DF.

Secretaria das Mulheres – Maria Teresa Freire da Costa
Servidora Pública Estadual. Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte/UFRN (1985), com especialização em Saúde Pública (1992), Educação Sexual (2000), Intervenção Familiar Sistêmica (2004) e em Gestão de Hospitais Públicos (2008) e Mestre em Saúde Coletiva pela UFRN (2013). Coordenadora técnica da Organização Feminista Bandeira Lilás e do Ponto de Cultura “Mulheres Arteiras”.

Secretário Adjunto de Desenvolvimento Econômico respondendo interinamente – Orlando Gadelha Simas Neto

ADMINISTRAÇÃO INDIRETA:
Comandante Geral da Polícia Militar – Coronel Ângelo Mário de Azevedo Dantas
33 anos da Polícia Militar, especialista em segurança pública e cidadania. Foi corregedor da PM, comandante do 1º Batalhão e sub-comandante do 3º Batalhão. Fundador do Museu da Polícia Militar.

Delegacia Geral da Polícia Civil – Estênio Pimentel
Delegado da Polícia Civil desde 1997. Stenio Pimentel é bacharel e pós-graduado em Direito Constitucional, Direito Administrativo e Gestão Pública. Foi Corregedor Auxiliar da Corregedoria Auxiliar de Correições e de Controle de Inquéritos e Procedimentos Policiais. Esteve a frente de várias delegacias, como a DP de São José de Mipibu, DP de Goaininha, DP de Macaíba, 1ª. DP de Parnamirim, 3º. Distrito Policial da capital, 13ª. DP e DEFUR RN.

Comandante Geral do Corpo de Bombeiros - Coronel BM Otto Ricardo Saraiva de Souza
Bacharel em Direito e Pós Graduado em Políticas Públicas. Vinte e sete anos de serviços prestados ao CBM/RN.
Principais Funções Exercidas: Comandante da Seção Contra-Incêndio do Aeroporto Internacional Augusto Severo, Chefe de Gabinete do Comando Geral, Assessor Militar do Tribunal de Justiça e Secretário Executivo do Fundo Estadual de Segurança Pública (FUNSEP/SESED). Desde agosto de 2010 é o Subcomandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do RN.

Procon – Cyrus Benavides
Advogado, consultor jurídico com pós graduando em Ciências Penais e concluinte da especialização da Fundação Escola Superior do Ministério Público do RN. Professor substituto da UFRN. Experiência como Procurador Geral do Município de Nova Cruz e atuou em Juizados         Especiais.

IDEMA -Instituto de Desenvolvimento e Meio Ambiente – Rondinelle Silva Oliveira
Graduado em engenharia agronômica (agronomia), biologia e matemática. Graduando em engenharia civil. Possui especialização em geoprocessamento e cartografia e mestrado em produção e tecnologia de alimentos. É doutorando em engenharia ambiental.

Emater – Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural – Cesar Oliveira
É agrônomo formado pela Universidade Federal Rural do Semiárido – UFERSA, especialista em Cooperativismo pela Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE, pós-graduado em Formulação e Análise de Políticas Agrícola e Agrária (Instituto de Economia da Unicamp). Atualmente faz mestrado em Ciências Sociais (UFRN), onde realiza estudos sobre a agricultura familiar do Rio Grande do Norte. Foi Superintendente do INCRA, no Rio Grande do Norte, entre os anos de 2003 e 2005, Diretor Nacional do INCRA (2005-2011) e Assessor Especial do Ministério do Desenvolvimento Agrário (2011-2013).

Departamento Estadual de Imprensa – Paulo Araújo
Formado em Comunicação Social pela UFRN há 15 anos. Trabalhou por oito anos nas revistas Veja na Sala de Aula e Nova Escola, da Editora Abril, em São Paulo, na revista Época, da Editora Globo, foi consultor do 1o jornal de Economia e Finanças de Angola, diretor de jornalismo da TV Ponta Negra e SimTV e editor da revista da Assembleia Legislativa do RN. Cursa Gestão de Políticas Públicas na UFRN. Secretário de Comunicação do RN.

Fundação José Augusto - Rodrigo César Souza de Macedo (Rodrigo Bico)
Ator e Produtor Cultural é formado em Artes Cênicas (UFRN) e tem atuação na Rede de Pontos de Cultura e no movimento teatral, experiências como gestor do Grupo de Teatro Facetas, Mutretas e Outras Histórias e do espaço cultural TECESol. Recebeu o Prêmio Tuxáua Cultura Viva do Ministério da Cultura, em face da articulação entre os Pontos de Cultura do RN (2009).

Ipem (Instituto de Pesos e Medidas) – Ney Lopes Júnior
Advogado, ex-vereador de Natal. Foi coordenador do Procon Estadual.

Datanorte – Rildo Tarquineo de Albuquerque
Formado em Ciências Sociais. Professor da Academia Nacional de Polícia. Agente especial da Polícia Federal, especialista em negociação de crise e segurança aeroportuária.

Blog Thaisa Galvão

Menina de 7 anos morreu por esganadura, indica parecer do IML

Carolina Callegari foi encontrada estrangulada em casa, na terça-feira (23).
Mãe da menina desapareceu cerca de 2 h antes do corpo ser encontrado.

A Polícia Civil recebeu o primeiro resultado sobre a causa da morte da menina de 7 anos encontrada já sem vida dentro da despensa de casa, em Tubarão, no Sul catarinense. O laudo formal ainda não foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML), mas segundo o médico legista informou ao delegado responsável pelo caso, nesta sexta-feira (26), a criança foi morta por esganadura, ou seja, ela foi estrangulada.



O corpo foi encontrado na madrugada de terça-feira (23), em um quarto que servia como despensa na casa onde a menina vivia com a mãe e um irmão, de 21 anos, portador de Síndrome de Down. Carolina estava entre brinquedos, roupas e outros objetos. Segundo o delegado, Rubem Teston, a menina estava desaparecida desde segunda-feira (22), quando o pai da vítima foi até a delegacia registrar o desaparecimento dela, à tarde.

Durante as buscas pela criança, os policiais foram abordados por um conhecido da mãe da menina. Segundo os investigadores, ele afirmou que a mulher disse ter feito uma coisa errada. A mãe, de 48 anos, foi chamada para prestar informações e fugiu da delegacia logo em seguida, sem ser mais vista desde então.

De acordo com a polícia, em depoimento, ela afirmou que estava dormindo em casa e, quando acordou, no final da tarde de segunda, percebeu que a filha não estava na residência. A mulher estava separada do marido há aproximadamente 10 meses e apresentava sinais de depressão, conforme testemunhas informaram à polícia.
Investigações

O delegado Rubem Teston, responsável pelo caso, explica que a mulher é "tratada como a principal testemunha para elucidar o que aconteceu naquela casa, antes da menina desparecer". "Continuamos tomando algumas medidas, além de depoimentos, mas aguardo e busco  encontrar esta mulher, que é mãe da criança. É muito importante que ela esclareça, na presença policial, para falar o que aconteceu naquela tarde", destaca o delegado.




Teston ressalta que detalhes, como a hora aproximada da morte, só serão descobertos após sair o resultado formal do laudo cadavérico do IML. Outros exames periciais estão sendo realizados pelo Instituto Geral de Perícias (IGP), de FLorianópolis. Peças de roupa e elementos coletados na casa estão sendo processados, em busca de novas evidências. Os resultados ainda não têm data para serem liberados.

O delegado explica que muitas pessoas foram ouvidas, entre familiares, amigos e pessoas ligadas à escola da menina. Mesmo abalado, o pai de Carolina prestou depoimento logo após o corpo ter sido encontrado. "Ele ficou em estado de choque e também foi ovido na delegacia da cidade onde mora", ressalta Teston.

Conforme Rubem Teston, por enquanto, há diferentes linhas de investigação. "Existem algumas linhas que envolvem algumas suspeitas, porém, continuamos investigando e não podemos afirmar de forma indubitável o que ocorreu, quem fez", ressalta. "O inquérito é bastante extenso", complementa.
Segundo Teston, todos os depoimentos tomados até agora indicam que a relação entre mãe e filha era normal. "Eles convergem, dizem que nunca haviam percebido nenhum comportamento agressivo", explica.

Fonte: RBS Tv

Em PE, grupo de internos foge da Funase de Vitória de Santo Antão

Fuga desta sexta-feira foi confirmada pela assessoria de comunicação.
Dois jovens se feriram durante a fuga.


Um grupo de 31 internos fugiu da Fundação de Atendimento Sócio-Educativo (Funase) de Pacasm em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, na tarde desta sexta-feira (26). A fuga foi confirmada pela assessoria de comunicação da Funase, que disse que pelo menos 18 já foram encontrados e levados de volta à unidade.
Segundo o órgão, a fuga foi realizada no início da tarde. Dois jovens ficaram feridos durante a tentativa de fuga e foram atendidos no hospital da cidade - um deles já recebeu alta e não há informações sobre o estado de saúde do outro. Não foi divulgada a forma como o grupo saiu da unidade de ressocialização.

A Funase informou que foram afastados de suas funções o diretor da unidade e alguns agentes que haviam faltado o serviço. A Corregedoria da Funase vai abrir uma sindicância para investigar o caso.
A Funase de Vitória de Santo Antão fica no distrito de Pacas e tem capacidade de abrigar 72 internos. Atualmente, 52 jovens infratores estão internados na unidade.

Fonte: G1/PE

Tiroteio em bairro de Campina Grande deixa um morto e um ferido

De acordo com a polícia, oito homens efetuaram os disparos no Pedregal.
Em Guarabira, homem foi alvo de tiro ao atender pedido por água.



Uma pessoa morreu e outra ficou ferida depois de terem sido vítimas de um tiroteio no bairro do Pedregal, em Campina Grande, na noite da sexta-feira (26). De acordo com a Polícia Militar, oito homens armados efetuaram vários disparos em uma rua do bairro por volta das 22h30.

O homem que morreu foi atingido por três tiros no braço esquerdo, na perna esquerda e no tórax e morreu ainda no local do crime. O outro foi levado para o Hospital de Emergência e Trauma com um ferimento no pescoço em estado grave, sendo a polícia. Até as 7h (horário local) deste sábado (27) nenhum suspeito havia sido preso e a polícia ainda não tinha mais detalhes do crime.
Tentativa de homicídio
Um homem foi atingido por um tiro na região do glúteo dentro de casa na cidade de Guarabira,  na noite de sexta-feira. De acordo com a polícia, a vítima atendeu a uma pessoa que chegou em seu portão pedindo um copo com água mas, no momento em que foi atendido, atirou  várias vezes no homem.

Fonte: G1/PB

Suspeito de assaltar posto de gasolina em Pedro Velho é preso em Natal

Jovem postou vídeo abanando-se com dinheiro e acabou localizado pela polícia.




Os policiais civis da Delegacia de Pedro Velho cumpriram, nessa sexta-feira (26), a prisão preventiva de Paulo Edson Florêncio da Silva, de 23 anos. Paulo Edson, que responde por um assalto realizado em outubro a um posto de combustível na cidade de Pedro Velho, encontrava-se foragido e teve prisão preventiva decretada pelo juízo de direito da comarca da cidade.

Sob investigação policial, o acusado, que praticou crime mediante grave violência, divulgou nos últimos dias em redes sociais um vídeo onde se abanava com um maço de dinheiro, o que facilitou a localização do mesmo. A equipe policial prendeu Paulo Edson na cidade de Natal, no bairro do Alecrim, enquanto o mesmo estava trabalhando em uma oficina mecânica.

Fonte: Portal BO

Laudo aponta que esposa de subtenente teve lesões mais leves do que em fotos entregues à polícia

Os dois exames feitos na esposa do subtenente no dia da morte de filho apontaram que Cristiane Coelho teve apenas lesões leves, diferentemente do que relatou à polícia


Os dois laudos dos exames de corpo de delito feitos na esposa do subtenente no dia da morte de seu filho de 9 anos apontaram que Cristiane Coelho teve apenas lesões leves. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (26), por uma fonte do Tribuna do Ceará que estava presente na reconstituição, ocorrida na última segunda-feira (22).

O resultado contradiz o que foi exposto pela mulher em fotos divulgadas nas redes sociais. Nas fotos datadas de 15 de novembro, quatro dias após o crime, Cristiane parece ter sido espancada, aparecendo com manchas roxas nas pernas e nos braços. A esposa de Francilewdo Bezerra acusa o marido de ter matado o filho e ainda de tê-la agredido e a obrigado a beber vinho com tranquilizantes.

Além disso, ela mostrou à polícia, no dia da reconstituição, o cinto do subtenente que teria utilizado para feri-la; entretanto, segundo a fonte, o objeto jamais seria capaz de provocar lesões tão graves conforme havia sido divulgado nas imagens. “Não tem como fazer lesões tão graves com um cinto daquela forma”, garante.

Segundo o delegado Wilder Brito, responsável pelas investigações, o cinto que teria sido usado nas agressões foi apreendido durante a reconstituição. “Quando fomos fazer a reconstituição, precisávamos de um cinto, porque a Cristiane disse que foi espancada com um cinto. Ela comprova que o cinto apreendido foi o que a espancou e causou as lesões com a fivela”.

Reconstituição
Após a reconstituição, o Tribuna do Ceará mostrou que o subtenente tem um seguro de vida que pagaria R$ 153 mil em caso de morte. A beneficiada é a esposa. Além disso, o filho que morreu tinha um outro seguro, de valor não revelado. Dessa forma, o fato reforça a reviravolta nas investigações do delegado. Além disso, durante a acareação, a esposa do subtenente admitiu ao marido ter um amante.

De vítima, a esposa do subtenente do Exército virou ainda mais a suspeita em potencial, reconhece o delegado que investiga o caso. O fato de que somente ela tomou tranquilizante, enquanto o marido e o filho ingeriram chumbinho (veneno para rato), já pesava contra si. Francilewdo resistiu ao envenenamento, após um mês internado na UTI do Hospital Geral do Exército. Quando saiu do coma e foi possível se defender da versão de Cristiane, ele acrescentou a informação do seguro.

Fonte: Tribuna do Ceará.

PF prende 5º suspeito de participar de assassinato de promotor em PE

Homem de 26 anos foi preso em casa, em Buíque, Agreste do estado.
Mandado de prisão preventiva foi expedido pela 36ª Vara Federal.



 A Polícia Federal prendeu mais um suspeito de envolvimento na morte do promotor de Justiça Thiago Faria Soares, assassinado em outubro de 2013, em uma emboscada na rodovia PE-300, no Agreste de Pernambuco. O suspeito de 26 anos é o quinto a ser preso desde que a PF assumiu as investigações do caso. Ele foi detido em casa no último dia 19, no município de Buíque, também no Agreste, mas a prisão só foi divulgada nesta quarta (24). Em seguida, prestou depoimento e foi encaminhado ao Centro Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, Grande Recife.

O mandado de prisão preventiva do suspeito foi expedido pela 36ª Vara Federal. A PF não informou qual teria sido a participação dele no crime, e como as investigações tramitam em segredo de justiça, esclarecimentos sobre o depoimento do preso não podem ser divulgados.

O crime aconteceu no dia 14 de outubro de 2013. O promotor foi morto quando seguia de Águas Belas para Itaíba, cidade onde trabalhava. Para a Polícia Civil, que iniciou a investigação, foi o fazendeiro José Maria Barbosa quem contratou o cunhado, Edmacy Ubirajara, para matar Thiago Faria.

A motivação envolveria uma disputa pelas terras da Fazenda Nova. José Maria perdeu a posse para a noiva do promotor, em um leilão da Justiça Federal, e teve que deixar o imóvel. Em entrevista exclusiva à TV Globo, na época do crime, o fazendeiro negou ter cometido o homicídio. Edmacy Ubirajara chegou a ser preso – passou dois meses no Cotel. O advogado de defesa conseguiu que o acusado saísse da prisão para responder pelo homicídio em liberdade.

Quatro cartuchos de espingarda 12 foram encontrados no carro do promotor.  A noiva, Mysheva Martins, e o tio dela também estavam no veículo, mas não ficaram feridos. Segundo simulação ocorrida em 23 de dezembro, os três foram perseguidos por um carro. O homem que estava no banco de trás de um veículo atirou com uma espingarda 12, acertando o promotor. Mysheva saiu do carro do noivo e se protegeu no barranco; o tio dela também saiu do veículo e andou pelo acostamento. Os atiradores voltaram e o homem que estava atrás atirou outras três vezes, antes de deixar o local do crime. Mysheva e o tio escaparam ilesos.

Conflito e federalização
Em agosto deste ano, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou a imediata transferência de responsabilidades no caso do promotor para os órgãos federais. Para o ministro relator, Rogerio Schietti Cruz, é notório um conflito entre Polícia Civil e Ministério Público de Pernambuco (MPPE). A Polícia Federal já estava a par de alguns atos urgentes, depois de liminar, enquanto tal determinação não era decidida. O pedido de federalização foi feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Para o STJ, "o crime estaria inserido no contexto de atuação de grupos de extermínio na área, conhecida como Triângulo da Pistolagem". Parentes da noiva do promotor já foram alvo de denúncias e investigações sobre este tipo de crime na região.

Fonte: G1/PE

Homem usando cueca vermelha é filmado ao furtar almoxarifado na PB

Suspeito era prestador de serviços da Secretaria de Educação da Paraíba.
Câmeras do almoxarifado da Secretaria de Educação gravaram o furto.

Click na imagem para ver o vídeo.

As câmeras de segurança do almoxarifado da Secretaria de Educação do Estado (SEE) registraram o momento em que um dos prestadores de serviço do local, preso pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (23), aparece furtando equipamentos eletrônicos do depósito. Nas imagens é possivel ver o suspeito, que usava apenas uma cueca vermelha, levando aparelhos de televisão do almoxarifado. Apesar do suspeito aparecer nas imagens usando uma toalha para cobrir a cabeça ele foi identificado pela Polícia Civil. (Veja vídeo)

De acordo com a polícia, o suspeito que aparece nas imagens tem 30 anos e trabalhava como auxiliar de serviços gerais. Outro auxiliar de serviços gerais, de 41anos, e um vigilante, de 29 anos também foram identificados e presos. O trio já vinha furtando material do almoxarifado há meses. A delegada de crimes contra o patrimômio  informou que a polícia trabalha agora para tentar recuperar os equipamentos roubados.

Em nota oficial a Secretária de Educação do Estado informou que os três suspeitos presos não integram o quadro efetivo do estado, mas são prestadores de serviço de uma empresa particular. A nota diz ainda que o crime foi percebido quando a equipe realizava um inventário patrimonial e decidiu checar as imagens das câmeras de segurança.

Investigação
Três homens suspeitos de realizar furtos de aparelhos eletrônicos da Secretaria de Educação do Estado (SEE) foram presos nesta terça-feira (23) durante ‘Operação Santa Claus’, desenvolvida pela Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos). O trio teria furtado material avaliado em mais de R$ 114 mil, que seria usado por estudantes de diversas cidades paraibanas.

 As câmeras de segurança do almoxarifado da Secretaria de Educação do Estado (SEE) registraram o momento em que um dos prestadores de serviço do local, preso pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (23), aparece furtando equipamentos eletrônicos do depósito. Nas imagens é possivel ver o suspeito, que usava apenas uma cueca vermelha, levando aparelhos de televisão do almoxarifado. Apesar do suspeito aparecer nas imagens usando uma toalha para cobrir a cabeça ele foi identificado pela Polícia Civil. (Veja vídeo)

De acordo com a polícia, o suspeito que aparece nas imagens tem 30 anos e trabalhava como auxiliar de serviços gerais. Outro auxiliar de serviços gerais, de 41anos, e um vigilante, de 29 anos também foram identificados e presos. O trio já vinha furtando material do almoxarifado há meses. A delegada de crimes contra o patrimômio  informou que a polícia trabalha agora para tentar recuperar os equipamentos roubados.

Em nota oficial a Secretária de Educação do Estado informou que os três suspeitos presos não integram o quadro efetivo do estado, mas são prestadores de serviço de uma empresa particular. A nota diz ainda que o crime foi percebido quando a equipe realizava um inventário patrimonial e decidiu checar as imagens das câmeras de segurança.

Investigação
Três homens suspeitos de realizar furtos de aparelhos eletrônicos da Secretaria de Educação do Estado (SEE) foram presos nesta terça-feira (23) durante ‘Operação Santa Claus’, desenvolvida pela Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos). O trio teria furtado material avaliado em mais de R$ 114 mil, que seria usado por estudantes de diversas cidades paraibanas.

Fonte: G1/PB

Número de crimes contra mulher cresce 39% no Rio Grande do Norte


Um relatório divulgado hoje, 24, pelo Observatório da Violência no Rio Grande do Norte, mostra um crescimento de 39% em 2014, no número de crimes de homicídio contra mulheres no estado, em relação ao ano de 2011. Em 2011 foram 73 crimes de homicídios, seguidos de 72 em 2012, 111 em 2013 e chegando aos 120 no ano de 2014.

Para Ivênio Hermes, especialista em segurança pública, a violência contra as mulheres é em parte devida ao sentimento machista que encontra amparo na impunidade contra essa modalidade de Violência, e isso ocorre mesmo após o advento da Lei Maria da Penha, pois a despeito da lei, o acesso à proteção e aos serviços de segurança pública. “São poucas delegacias de proteção à mulher, e as que existem não abrem à noite, quando o espectro de todas as Violências se evidencia. Além disso, faltam albergues para em número suficiente para atender às vítimas que geralmente trazem seus filhos e, portanto, também necessitam de local adequado”, disse.

inda segundo o especialista, como solução seria necessário em curto prazo a construção de albergues básicos e disponibilidade diuturna de acesso às delegacias e a médio e longo prazo revisão no processo de investigação no crime contra as mulheres, garantindo uma celeridade compatível com a necessidade da justiça e da polícia. Além disso, lançamento de campanhas ininterruptas de conscientização e criação de canais de acesso mais próximos das realidades das vítimas.

Somente esta semana, foram registrados quatro crimes de homicídio contra mulheres no Estado.

Fonte: 190RN

Polícia Militar apreendeu mais de 800 armas no Rio Grande do Norte neste ano de 2014


Dados fornecidos,através de relatório, pelo Centro de Inteligência da Secretaria de Segurança Público do Rio Grande do Norte, mostram que a Polícia Militar, apreendeu cerca de 837,armas em todo o estado no período de Janeiro até 23 de dezembro deste ano de 2014.



De acordo com o relatório, somente na região metropolitana de Natal, foram 566 armas apreendidas. Do total, 597 são revólveres e 98 são pistolas.

O alto número de armas apreendidas no Rio GHrande do Norte, é o resultado do patrulhamento ostensivo dos militares e principalmente da participação da população, que através de denuncias anônimas vem colaborando constantemente com a Polícia Militar no estado.

Em novembro, a Secretaria de Segurança Pública-Sesed, disponibilizou a população Potiguar o número de um aplicativo para Smartphes chamado de watsapp, onde a sociedade pode enviar denuncia.

Em apenas 16 dias de funcionamento, mais de 4 mil mensagens instantâneas foram enviadas para a Secretaria pelo número (84 8149-9906) para recebimento de denúncias da população.

Porém, segundo a Sesed não é possível confirmar quantos casos já foram resolvidos por intermédio das denúncias realizadas pelo aplicativo.

Por outro lado, a Secretaria garante que nenhuma das ocorrências fica reprimida e que todas as mensagens são documentadas e encaminhadas para os setores competentes.


Fonte: 190RN

Corpo é encontrado com sinais de espancamento na Zona Leste de Natal

Uma pedra com marcas de sangue foi encontrada ao lado do corpo.
Crime aconteceu na Rua José Farache, no bairro Lagoa Seca.


O corpo de um homem foi encontrado no início da manhã desta quarta-feira (24) no bairro Lagoa Seca, Zona Leste de Natal. De acordo com a Polícia Militar, uma pedra com marcas de sangue foi encontrada ao lado do corpo. A vítima não foi identificada, mas, segundo moradores da região, o homem sempre dormia naquela área.

 A PM foi acionada por volta das 5h30 por um morador que encontrou o corpo. O crime aconteceu na Rua José Farache.

Praia do Meio
O corpo de uma mulher também foi encontrado no início da manhã desta quarta. O corpo estava em um terreno baldio localizado na Praia do Meio já próximo à Brasília Teimosa. A PM não soube informar como a mulher foi morta.

Fonte: G1/RN

Polícia Federal prende no Paraguai traficante e chefe do Comando Vermelho

Marreta foi localizado em uma casa de luxo na capital do Paraguai. Criminoso fugiu do Complexo de Bangu em 2013



Conhecido como Marreta, Luiz Cláudio Machado estava foragido e foi preso no Paraguai

A Polícia Federal (PF) prendeu hoje (23), em Assunção, no Paraguai, o traficante Luís Cláudio Machado, conhecido como Marreta. A ação contou com apoio da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Rio de Janeiro (Seseg) e da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) daquele país. Localizado em uma casa de luxo na capital paraguaia, Marreta é considerado o chefe de uma das principais facções criminosas do Rio de Janeiro, o Comando Vermelho.

Ele estava foragido desde fevereiro de 2013, quando fugiu do Instituto Penal Vicente Piragibe, em Bangu, na zona oeste do Rio.

De acordo com a Seseg, Marreta coordenava, do Paraguai, a atuação da organização criminosa e a distribuição de armas e drogas para comunidades dominadas pela facção nas zonas oeste e norte da cidade. Ele também é acusado de ordenar confrontos contra policiais e ataques às sedes de unidades de Polícia Pacificadora (UPPs).

Na casa onde o traficante foi preso, os agentes encontraram um cofre com dólares, reais e guaranis, a moeda paraguaia. Na residência, estavam duas mulheres e uma criança. A PF informou que Marreta deve ser trazido ainda hoje para o Brasil. Ele será entregue à Polícia Federal de Foz do Iguaçu e depois encaminhado à Secretaria de Segurança Pública do Rio de Janeiro.

Marreta é o quinto chefe do tráfico preso este ano. A Subsecretaria de Inteligência (SSINTE), com apoio da Polícia Federal, prenderam os chefes do tráfico dos complexos do Alemão e Penha, conhecidos,  respectivamente, como Piná e 2D, o da Mangueira, Russão, e o da Região dos Lagos, Kadu Playboy.

Fonte: IG

URGENTE: AOS SÓCIOS DA ASSPRA - ATUALIZAÇÃO CADASTRAL EM JANEIRO/2015

Repassar aos demais companheiros as informações abaixo:

1. Pedimos que todos os sócios da ASSPRA acessem o endereço: www.assprapmrn.com.br (Site da ASSPRA). Não é o Blog, é o site mesmo.

Lá encontrarão os links ATUALIZAR CADASTRO e NOVA CARTEIRA.

2. TODOS os campos devem ser preenchidos, principalmente os contatos das redes sociais, pois estamos planejando ações para manter a todos informados onde quer que estejam residindo ou trabalhando.

3. Aqueles que ainda não são sócios, podem se tornar sócios, bastando acessar o link ASSOCIE-SE e seguindo as instruções ali constantes.

OBSERVAÇÃOAPENAS terá acesso aos convênios através da NOVA CARTEIRA DE SÓCIO.

NOVA CARTEIRA DE CONVÊNIOS

Estamos reestruturando nossa carteira de convênios. Contudo temos algumas informações a repassar:

1. Pretendemos fechar convênios em TODOS OS RAMOS. Assim, se você tiver algum comércio a nos sugerir parceria será de grande valor para nós;

2. Queremos fechar convênio em TODAS AS CIDADES (Nova Cruz, Santa Cruz, Goianinha, Canguaretama e circunvizinhas).

Supermercados, lanchonetes, lojas de calçados, pecas e serviços automotivos, roupas, faculdades, escolas e autoescolas, cursos, hotéis e motéis, gás e água mineral, SESC, postos de combustíveis, material de construção, clínicas médicas, laboratórios, óticas e tudo o que for possível.

Se você tem um comércio que é seu ou de algum conhecido e quer propor um convênio conosco, NÓS ACEITAMOS FECHAR O CONVÊNIO.

NOSSO TRABALHO É VALORIZAR VOCÊ,
NOSSO SÓCIO.

Leia mais: http://www.assprapmrn.com.br/noticias/

Mãe de seis filhos é torturada, abusada sexualmente e assassinada em Carnaubais!



Uma mulher, mãe de seis filhos, foi encontrada morta durante a noite de ontem (21), no município de Carnaubais, na região do Vale do Açu. De acordo com a polícia, a vítima estava sem roupas e com um lençol amarrado no pescoço a uma árvore.

O rosto da vítima estava bastante queimado do sol e a boca cheia de pena, o que leva a polícia a acreditar que possivelmente ela tenha sido brutalmente torturada e abusada sexualmente.

A polícia ainda não sabe o que motivou e quem pode ter cometido o crime contra a mulher. Mas, o caso será investigado pela Polícia Civil do município de Assú.

Fonte: No Minuto

Acusado de estupro foi preso pela DEFUR após assalto a carro distribuidor de bebidas

Antônio Felipe de 35 anos de morador do Bairro Pintos em Mossoró RN,que estava sendo procurado pela Polícia Civil,pela prática de roubo seguido de estupro,foi preso nesta manhã de segunda feira 22 de dezembro,pela equipe da Delegacia de Furtos e Roubos.



Segundo o Delegado da especializada Luiz Fernando,o indivíduo vinha praticado assaltos diariamente nas regiões do Costa e Silva,Vingt Rosado e Alto da Pelonha e na manhã de hoje assaltou um carro distribuidor de bebidas,onde levou dinheiro e documentos do motorista e ajudante do caminhão.

Ele foi conduzido a Delegacia de Furtos e Roubos,onde assumiu a pratica dos assaltos,mas nega a participação no roubo seguido de estupro ocorrido a um casal no mês de novembro, no alto da Pelonha em Mossoró.

Após ser ouvido pela autoridade Policial,Antônio Felipe,foi autuado no artigo 157 e encaminhado a Cadeia Pública. Ele também será ouvido pela Delegada Crhistiane Magalhães da Especializada em apoio a Mulher,sobre o estupro a uma mulher ocorrido no mês passado.

Os Agentes da Defur recuperaram parte do produto roubado,inclusive os documentos,na ação criminosa contra o carro distribuidor de bebidas


Fonte: Fim da Linha

Três homicídios são registrados em uma hora em bairro de João Pessoa

Crimes foram cometidos na manhã desta segunda-feira, em Mandacaru.
Polícia Militar suspeita de acerto de contas entre facções rivais.



Em cerca de uma hora pelo menos três homens foram assassinados no bairro de Mandacaru, em João Pessoa, na manhã desta segunda-feira (22). Segundo informações repassadas pela Unidade de Polícia Solidária (UPS) do bairro, as mortes teriam ligação com a briga de facções criminosas envolvidas com o tráfico de drogas na região. Ainda de acordo com a polícia, há suspeitas de que um grupo armado esteja no local apenas para executar rivais.

 Por volta das 9h30 (horário local) desta segunda a polícia registrou um duplo homicídio. Dois jovens foram mortos a tiros em uma das avenidas principais de Mandacaru, a Tancredo Neves. Cerca de meia-hora depois, enquanto a equipe do Instituto de Polícia Científica (IPC) realizava perícias nos dois corpos, um terceiro homem foi morto a tiros no mesmo bairro.

Uma das três vítimas trabalhava como pintor e estava usando o carro do pai para o serviço. Os outros dois homens assassinados não tiveram as identidades reveladas pela polícia. Ainda segundo a PM, não foi informado se as vítimas tinham alguma ligação com tráfico de drogas. A Polícia Militar realizava até as 11h30 (horário local) buscas para localizar os suspeitos de participação nos três homicídios, mas até então ninguém tinha sido preso.




Fonte: G1/PB

Homem morre eletrocutado em Nísia Floresta

Segundo vizinhos, fio estava solto desde quinta-feira (18)



 Um homem morreu eletrocutado na manhã desta segunda-feira (22), em Nísia Floresta, município da Grande Natal. De acordo com moradores da região, João Cardoso Nascimento pegou em um fio que estava solto desde a última quinta-feira (18) e recebeu a descarga elétrica. Ele morreu na hora.

Segundo informações de um vizinho que não quis se identificar, na última quinta-feira (18) um acidente de carro derrubou um poste na Rua Wilson de Oliveira. No mesmo dia a Cosern esteve no local para providebciar a troca do poste. No entanto, um fio da rede de telefonia ficou solto e encostando na rede elétrica. Foi esse fio de telefonia que eletrocutou João Cardoso.

Fonte: G1/RN

Combate a facções em presídios no RN já soma 161 denunciados, diz MP

Combate a facções em presídios no RN já soma 161 denunciados, diz MP


SO Ministério Público do Rio Grande do Norte ofereceu mais uma leva de denúncias acerca da Operação Alcatraz, deflagrada no início do mês. Nesta segunda-feira (22), nomes de 64 pessoas foram encaminhadas à Justiça como suspeitas de crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e organização criminosa – todas elas, segundo as investigações, associadas com duas facções que estariam ditando regras e comandando diversos crimes de dentro dos presídios do estado. Presos que estão detidos em São Paulo, Paraná e Paraíba também são investigados como membros e líderes das facções.

 No último dia 9 já haviam sido denunciadas outras 97 pessoas. Com isso, as investigações apontam, até o momento, o envolvimento de 161 pessoas com o crime organizado no Rio Grande do Norte. As denúncias oferecidas nesta segunda foram encaminhadas às varas criminais das comarcas de Currais Novos, na região Seridó do estado, e Nísia Floresta, na Grande Natal.

A Operação Alcatraz foi deflagrada no dia 2 deste mês e cumpriu 223 mandados de prisão em 15 cidades potiguares e também nos estados da Paraíba, Paraná e São Paulo. Destes, 154 foram contra pessoas que já estão encarceradas.

O MP acrescenta que parte das denúncias abrangem investigados que atuavam no tráfico de entorpecentes nas cidades de Currais Novos, Santa Cruz, Lagoa Nova, Acari, Cruzeta, Parelhas, São Vicente, Jardim do Seridó, Caicó e Jardim de Piranhas. Também foram identificados fornecedores, que abasteciam com drogas a região Seridó a partir de 'bocas de fumo' que funcionavam em Natal, nos bairros das Quintas, Felipe Camarão, Potengi e da Nossa Senhora da Apresentação, além de outros pontos de venda de drogas no bairro de Passagem de Areia, em Parnamirim, e Novo Amarante, no município de São Gonçalo do Amarante.

O elo com os presídios também é constatado. Segundo o inquérito, “permanecendo alguns investigados, mesmo presos, comandando o tráfico de drogas com a participação de parentes ou outras pessoas, especialmente viciados, que passam a atuar como 'gerentes', 'mulas' ou 'aviões'. Também foram identificados cinco adolescentes em situação de violação de diretos e exploração. Em uma das situações, uma mulher investigada estaria utilizava a própria filha, uma garota de 16 anos, para traficar.

Somadas as penas dos crimes de tráfico e associação para o tráfico, com qualificadoras, os denunciados podem pegar até 25 anos de prisão.

Outra parte das denúncias abrange investigados que integram e promovem uma das organizações criminosas, intitulada Sindicato do RN. A facção, que de acordo com o Ministério Público atua dentro e fora do sistema penitenciário, tem a característica de ser estruturalmente ordenada pela divisão de tarefas. “O objetivo é obter vantagem pecuniária, mediante a prática de crimes patrimoniais, tráfico de drogas e homicídios”, revela a denúncia.

Facções
Segundo o MP, duas facções dominam os presídios potiguares. Ambas, ainda de acordo com as denúncias, surgiram a partir de uma organização criminosa que nasceu em São Paulo. No dia 7 o 'Fantástico' exibiu gravações que mostram como esta facção vende drogas no Nordeste.

As denúncias feitas até agora apontam a existência de organizações criminosas dentro do sistema penitenciário estadual desde 2003. Na ocasião, "diversas fontes" relataram ao MP a existência de uma facção dando as ordens na Penitenciária João Chaves, na Zona Norte de Natal. Desativada em 2006, a unidade ficou conhecida como "Caldeirão do Diabo".

Monopólios
O MP revela que a investigação foi aprofundada com as provas obtidas por diversos meios, inclusive apreensões de documentos nas unidades prisionais. O trabalho aponta que, além de planejarem crimes dentro e fora dos presídios, os integrantes das organizações criminosas compartilham conhecimento e buscam construir dois tipos de monopólio.

O primeiro, chamado de "monopólio de oportunidades", trata principalmente do comércio ilegal dentro das próprias unidades prisionais, o que acontece "por meio da força, prioridade ou exclusividade aos que integram a organização criminosa". Já o segundo, é o "monopólio do poder político", com obediência às normas e às formas de conduta instituídas pela organização dentro dos presídios. As regras incluem a definição de transgressão, acusação dos transgressores e a correspondente punição.

O MP acrescenta que os monopólios visam "criar uma estrutura paralela ao Estado". O controle dessa estrutura permite a expansão de poder dos grupos de dentro para fora das prisões, "gerando o controle de territórios". Desse domínio fora das unidades prisionais, viria o controle do tráfico de drogas nas ruas.

As investigações ainda atestam que o tráfico de drogas se constitui como a atividade que arrecada receita corrente e os assaltos funcionam como espécie de receita de capital, com uma atividade financiando a outra. "Quando ocorrem grandes apreensões de drogas, por exemplo, se intensificam os assaltos para compensar os prejuízos", acrescenta.

Atrelado ao tráfico de drogas, outro crime é atribuído aos integrantes das facções, como o roubo a bancos, atividade capaz de trazer poderio financeiro. “As atividades criminosas de tráfico de drogas e de roubo a banco geram uma considerável quantia em dinheiro que precisa ser inserida no mercado formal. Para que esta internalização de recursos ocorra é praticada um novo crime, a lavagem de dinheiro através da ocultação ou dissimulação da natureza, origem, localização, disposição, movimentação ou propriedade de bens, direitos ou valores provenientes, direta ou indiretamente, do e tráfico de drogas e de roubo a banco”, explica.

Mensalidade e rifa
As investigações também revelam que as facções não sobrevivem apenas do comércio de drogas e assaltos. O G1 teve acesso a documentos que fundamentam as denúncias feitas pelo Ministério Público. Além de rifas baseadas em jogos da loteria federal, cada membro é obrigado a pagar mensalidades que custam R$ 400. A cota é chamada de 'cebola'. O termo é usado pelo fato de o membro não querer pagar o valor estipulado. Por isso ele 'chora' ao desembolsar a quantia, assim como quando se corta uma cebola.

Um dos anexos da denúncia traz extratos de uma conta bancária que foi identificada pela Justiça - e já bloqueada - como pertencente a um dos membros da facção. Nela, constam vários depósitos de R$ 400. Os valores são equivalentes, segundo as investigações, ao pagamento das mensalidades, as chamadas 'cebolas'. O extrato mostra a quebra do sigilo no dia 28 de maio deste ano até o dia 20 de junho. No dia 11 de junho, o saldo chegou a quase R$ 35 mil. No mesmo dia foi feito um saque no valor de R$ 20.900 na boca do caixa, seguido de depósitos variados, a maioria também no valor de R$ 400.

 Telecoferência
Em uma das teleconferências interceptadas pela Justiça, participam 10 presos. Um deles, identificado como Milenium, cumpre pena na Penitenciária de Catanduva, no Paraná. Os demais atendem pelos apelidos de Boy, Iran, Batera, Oié, Miguel, Japonês, DG, Das Arábias e Tony Country. Em determinado momento, Milenium fala das mensalidades que devem ser pagas e de um dinheiro que já está no caixa, cintando uma quantia de R$ 20 mil que seria usada para a aquisição de armas. Milenium frisa que os membros da facção que estão nas ruas têm que se unir, “pois as peças vão chegar para auxiliar, correr atrás da moeda, meter assaltos, com responsabilidade". Ele fala que serão designados irmãos (membros) da Paraíba, de Pernambuco e até 'da terra da garoa', se referindo a São Paulo.

Milenium diz também que, “quem estiver procurando a sintonia, plugando, vai ter um fôlego para poder pagar, não que deixará de pagar, mas terá um prazo”. Em seguida, ele faz um discurso motivador dizendo para que tenham mais confiança, espírito de guerreiro: "somos tudo bandido, criminoso, nós mata, nós sequestra, nós rouba. O caixa está aí, com os 20 mil, e se conseguir comprar pistolas a 3 mil, serão cinco ou sete pistolas, serão 7 irmãos com 'chuteira para jogar seu futebol'. Acreditem no Comando”, enfatiza.

Sintonias
Ainda de acordo com as denúncias do MP, para que as lideranças da organização criminosa não percam o contato e o controle sobre as células que compõem a facção, foram criadas as denominadas 'sintonias'. A fundamentação elenca as principais:

- Sintonia Geral dos Estados: responsável pela expansão e difusão da ideologia e métodos da facção nos estados;

- Sintonia Geral do Sistema: responsável pelo controle e coordenação dos membros presos, pela resolução de conflitos dentro dos estabelecimentos prisionais e pela coordenação do tráfico de drogas dentro do sistema prisional. Engloba, também, a 'Sintonia do Salve', responsável por difundir entre os presos os “salves”, ordens e mensagens emanados pelas sintonias superiores;

- Sintonia Geral da Rua ou Disciplina: responsável pelo controle e coordenação dos membros que estão em liberdade e das ações executadas fora do sistema prisional;

- Sintonia Geral dos Gravatas: responsável pelo controle das atividades dos advogados que prestam serviços à facção;

-  Sintonia Geral do Bicho Papão ou do Progresso: responsável pelo gerenciamento do tráfico de drogas dentro e fora dos presídios, bem como por ações importantes ao fortalecimento da facção, como fugas, grandes assaltos, etc;

- Sintonia Geral da Rifa: responsável por coordenar a realização de rifas periódicas e obter prêmios, visando fortalecer o “caixa” da facção. O sorteio é baseado na loteria federal e os integrantes da organização criminosa são obrigados a comprar e vender a rifa, tendo ciência dessa obrigação por ocasião do batismo;

- Sintonia Geral do Livro ou do Cadastro: responsável pelo registro dos “batismos” de novos membros, das exclusões de membros que incorreram em falta e dos “retornos” de membros que se reabilitaram.


 Elo entre facções do RN e PR
Segundo o juiz Henrique Baltazar, titular da Vara de Execuções Penais do Rio Grande do Norte, as 2 mil interceptações telefônicas, resultado de dez meses de investigações da Operação Alcatraz, contêm conversas que comprovam a existência de duas facções que ditam as regras e comandam crimes dentro e fora dos presídios do Rio Grande do Norte. As gravações também confirmam a existência de um elo entre mais de 150 presos encarcerados no sistema penitenciário potiguar e detentos do estado do Paraná.

O magistrado acredita na denúncia feita pelo MP e confirma que as duas facções instaladas no RN surgiram a partir de uma organização criminosa que nasceu em São Paulo e que depois se ramificou por praticamente todos os estados do país. "Aqui no RN começou assim. Depois esse grupo se dividiu e os dissidentes fundaram uma outra facção. As duas são rivais no Rio Grande do Norte e disputam o controle do tráfico de drogas. As duas também são responsáveis por uma vastidão de crimes que ocorrem no estado. O tráfico de drogas é o que dá mais dinheiro. É o carro-chefe dos negócios. Em consequência, e até para manter este negócio, ocorrem outros crimes, como explosões e arrombamentos a bancos, roubos a estabelecimentos comerciais e residências, furtos, sem falar em casos de execuções, homicídios que acontecem em razão da rivalidade e disputa pelo controle dos pontos de vendas de drogas", explicou.

Transferências
Henrique Baltazar acrescentou que os presos identificados estão sendo transferidos aos poucos. No Rio Grande do Norte, a maior parte das transferências ocorrerão na Penitenciária Estadual de  Parnamirim (PEP), que fica na Grande Natal, na Penitenciária Estadual do Seridó (o Pereirão), que fica na cidade de Caicó, e na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, a maior unidade prisional do estado.

"Alguns devem ser remanejados para outras unidades prisionais dentro do próprio Rio Grande do Norte. Outros, os considerados mais perigosos e de maior influência dentro das facções, devem ser levados para a Penitenciária Federal de Mossoró, na região Oeste do estado, e para outras penitenciárias federais do país", afirmou o juiz.

O juiz acredita que os presos do Paraná também devem ser remanejados, o mesmo ocorrendo que alguns que foram identificados em São Paulo e na Paraíba.


 Líder
Um empresário paulista radicado em Natal, identificado como Robson Batista Marinho, é apontado como suspeito de liderar um dos esquemas de distribuição de drogas investigado pela Operação Alcatraz.

Segundo o Ministério Público, o suspeito é sócio de um salão de beleza localizado em uma área nobre da capital potiguar. As investigações indicam que ele comandava a distribuição de drogas no atacado, abastecendo a Grande Natal, além das regiões Seridó, Central e Vale do Açu. O MP acrescenta que o suspeito está envolvido em algumas das maiores apreensões realizadas neste ano no estado.

Uma das apreensões citadas pelo MP foi de 70 quilos de maconha no dia 20 de outubro em São José de Mipibu. A droga foi encontrada em um ônibus vindo de São Paulo. Outra apreensão aconteceu em Macaíba, onde foram apreendidos 20 quilos em um carro que estava a caminho da região Seridó. Nos dois casos, as prisões foram feitas pela Polícia Rodoviária Federal.

Há ainda a suspeita de que a mesma organização criminosa tenha sido fornecedora dos 100 quilos de maconha apreendidos pela Polícia Militar na cidade de Caraúbas em setembro deste ano.

  O secretário estadual da Segurança Pública e da Defesa Social, general Eliéser Girão, afirmou que muitas denúncias foram recebidas sobre a atuação do crime organizado nos presídios. "Chegamos no limite do limite. Recebemos muitas denúncias com muita gente envolvida. Não poderíamos esperar mais", disse.
Ainda de acordo com o MP, as informações colhidas nos dez meses de investigação possibilitaram a realização de 75 prisões em flagrante feitas pela Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal. As prisões foram efetuadas por crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e roubo.
A maior apreensão de drogas feita pela PRF no ano foi realizada a partir da investigação. Aconteceu no dia 18 de maio deste ano, na cidade de Dourados, estado do Mato Grosso do Sul, onde a Polícia Rodoviária Federal apreendeu 15,2 toneladas de maconha. O órgão ministerial afirma que parte expressiva da droga seria distribuída no Rio Grande do Norte.



Fonte: G1/RN

Suspeito de matar PM, adolescente é liberado!

Com colete à prova de balas, menor é ouvido por morte de PM em Natal


Usando um colete à prova de balas, um adolescente de 16 anos foi ouvido na tarde desta sexta-feira (19) como suspeito da morte do policial militar Paulo Melo dos Santos, de 43 anos, que foi baleado na noite da quarta-feira (17) em frente a um restaurante na Zona Sul de Natal. De acordo com a Polícia Civil, o uso do colete aconteceu por medida de segurança. O menor de idade foi liberado após prestar depoimento na Delegacia Especializada de Homicídios (Dehom) e realizar exames no Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep).

A Polícia Civil investiga se o adolescente de 16 anos estava em um dos carros usados pelos suspeitos no dia do crime. O menor de idade também aparece em uma foto ao lado de um jovem apontado como principal suspeito da morte do PM. Após o depoimento, o adolescente ainda realizou um exame residuográfico no Itep. O exame apontará se há, ou não, resíduos de pólvora nas mãos do menor de idade.

O PM Paulo Melo morreu na tarde desta sexta. O policial estava internado na UTI do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. A morte do soldado foi confirmada pela própria unidade.
Policial militar há 14 anos, Dos Santos, como era mais conhecido, trabalhou por muitos anos na Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (Rocam), mas atualmente era lotado na Diretoria de Pessoal da corporação.

O crime
Paulo Melo dos Santos foi baleado na cabeça, no final da noite da quarta-feira em frente a um restaurante no bairro de Capim Macio. Segundo a própria PM, os criminosos são dois homens que fizeram os disparos de dentro de um carro. Em seguida, um deles teria descido do veiculo e levado a arma do soldado. Dos Santos não estava de serviço.
O proprietário do restaurante disse que foi a primeira noite de serviço do soldado, uma vez que ele estaria tirando a folga de um colega que deveria estar no lugar dele. A Polícia Militar ainda fez buscas pela região, mas não conseguiu encontrar os assassinos.

Fonte: G1/RN

Polícia Federal investiga associação entre traficantes e auditores da SEFAZ.

Em Mossoró foi cumprido um mandado de Busca e apreensão.


A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira,19 de dezembro, uma Operação denominada de "Publicanos" para investigar uma possível associação criminosa entre traficantes e auditores da Secretaria da Fazenda do Ceará. 

As investigações iniciaram no mês de setembro deste ano, após a apreensão de 2,5 toneladas de maconha em um esquema de tráfico internacional de drogas. 

De acordo com as investigações da Polícia Federal,a carga teria sido detectada por auditores fiscais e liberada após pagamentos. 

Segundo informações prestadas ao site Fim da Linha,pelo Assessor de Comunicação Social da Delegacia da Polícia Federal em Mossoró,Paulo Nascimento,foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão nos municípios de Fortaleza e Aracati,no estado do Ceará e em Mossoró,no Rio Grande do Norte. 

Paulo Nascimento adiantou que as investigações prosseguem em segredo de justiça e os investigados poderão responder pelos crimes de associação ao tráfico, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. 

Ele informou ainda que o mandado de busca e apreensão cumprido pelos Agentes Federais em Mossoró,nesta manhã de sexta feira,foi em uma residência no bairro Paredões,mas não revelou o nome do investigado,para não atrapalhar as investigações.


Fonte: Fim da Linha