Rapaz invade prefeitura no ES para cometer atentado e é morto

Ao entrar, homem cuspiu em segurança e foi executado perto de gabinete.
PM disse que técnico de informática queria matar Rodney Miranda.


Um homem de 28 anos foi morto ao invadir a sede da Prefeitura de Vila Velha, por volta de 7h30, desta sexta-feira (23), dizendo que queria matar o prefeito Rodney Miranda. Ele brigou com seguranças e foi executado com um tiro na cabeça, segundo Guarda Municipal.

A Polícia Militar informou que o técnico de informática Diego Biasutti entrou desnorteado na prefeitura, cuspiu no rosto do vigilante que fica na entrada do prédio, passou pela roleta e subiu uma rampa até o último andar, onde fica o gabinete do prefeito. Lá, ele entrou em luta corporal com um segurança e foi morto com um tiro. O corpo ficou caído a 15 metros do gabinete do prefeito.

Testemunhas disseram que ele entrou no prédio gritando dizendo que queria matar Rodney Miranda. Um policial civil confirmou que ele foi para o local dizendo que ia "matar o chefe".
Familiares de Diego estiveram em frente à prefeitura e se desesperaram ao saber que o rapaz tinha morrido. “Ele estava muito transtornado, muito nervoso”, se limitou em dizer a irmã, Taís Biasutti.

Um dos irmãos de Diego disse que ele saiu de casa, no bairro Residencial Coqueiral, por volta de 6h30, e foi visto pelas ruas de sunga, com uma bíblia nas mãos e muito nervoso. Parentes o procuraram, mas não conseguiram localizá-lo. Momentos depois, ele passou na casa da mãe, vestiu roupa e saiu novamente.

Diego usava drogas, segundo a família. O cunhado disse que, recentemente, ele entrou em uma academia e começou a fazer uso de anabolizantes.

O universitário Vinícius Oliveira mora atrás do prédio onde aconteceu o caso. Ele disse que acordou com o barulhos dos disparos. “Estava dormindo e acordei com dois barulhos seguidos e abafados. Aí eu pensei, isso é barulho de tiro. Logo em seguida, ouvi uma mulher gritando. Da janela do meu quarto, vi um vigilante saindo do terceiro andar correndo ao térreo com a arma na mão. Ele estava com o semblante de assustado. Nisso, ele chamou uma vigilante que estava na portaria lateral da prefeitura. Ela veio correndo e os dois voltaram pra dentro da prefeitura. Ao mesmo tempo, no térreo, ficaram as moças da limpeza em grupo. Logo depois foram chegando os policiais”, relatou Oliveira.


A sede da prefeitura fica na avenida Santa Leopoldina, em Coqueiral de Itaparica. Um trecho da via foi interditada. Policiais Militares e agentes da Guarda Municipal cercaram o prédio após os tiros.


 Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp) foi procurada, mas informou que a ocorrência ainda está em andamento.

A prefeitura também foi procurada pelo G1, mas ninguém se pronunciou sobre o assunto. A assessoria de imprensa não informou se o prefeito estava no local no momento dos disparos.

O delegado Romualdo Gianórdoli da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi  ao local para começar as investigações, mas não falou com a imprensa.
Por causa do trabalho de perícia e investigação da Polícia Civil, a entrada para funcionários só será liberada a partir do meio-dia.

Redes sociais
Na tarde de quarta-feira (21), o técnico de informática Diego Biasutti compartilhou em uma rede social uma imagem sobre o que pensava sobre os políticos. No 'post', ele disse que 'se é pra mudar o mundo tamo junto!' (Sic). A mensagem também fala sobre 'nojo da classe política'.

Fonte: G1



Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.