Grupo suspeito de matar vice-diretor dentro de escola é preso em operação no Litoral Norte da PB

Bando também é suspeito de outros homicídios e de comandar o tráfico de drogas na região

Uma operação deflagrada pela Polícia Civil na manhã desta quinta-feira deve prender o grupo suspeito de assassinar o vice-diretor da escola estadual Antônio Pinto Barbalho, situada em Pitanga da Estrada, distrito de Mamanguape (Litoral Norte do estado, a 62 km de João Pessoa).

O homicídio aconteceu em dezembro do ano passado. Segundo a Polícia Militar, o vice-diretor foi assassinado dentro da escola, com oito tiros. O crime teria sido motivado pela suspensão de um aluno. “Na última semana, o vice-diretor suspendeu um aluno que é familiar de um dos principais traficantes da região. Ao saber dessa suspensão, o traficante foi à escola e, ao ver a vítima, disparou vários tiros ainda dentro da escola”, relatou, na época, o capitão Alberto Filho, em entrevista ao Portal Correio.

O grupo alvo da operação também é suspeito de outros homicídios e de comandar o tráfico de drogas na região. Vários mandados de prisão e de busca e apreensão devem ser cumpridos pelos policiais civis. Cerca de 35 investigadores participaram do planejamento da operação, intitulada ‘Sócrates’.

Às 9h, os coordenadores da operação se reúnem em coletiva de imprensa na sede da Delegacia Seccional de Mamanguape para conceder detalhes sobre o trabalho investigativo e prisões realizadas.

Fonte: Portal Correio
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.