Polícia prende quatro suspeitos de clonagem de carros na Grande Natal

Prisões aconteceram nesta sexta-feira (24) na capital e Parnamirim.
Além da clonagem, presos vão responder por receptação.





A Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira (24) quatro homens suspeitos de clonagem de carros e receptação. Dois carros foram achados com esse tipo de adulteração com os criminosos. As prisões aconteceram em Natal e Parnamirim. Na capital potiguar foram presos três homens e em Parnamirim um suspeito que teria comprado um carro clonado.
Em uma casa do Conjunto Satélite a polícia encontrou diversos documentos de outros carros, celulares e munição de revólver. A Polícia Civil chegou até o grupo, depois de verificar que um veículo suspeito de ter sido roubado, um Fiat Punto/Jet de cor amarela, estava em uma residência localizada na Rua Serra das Araras, no bairro de Cidade Satélite.

De posse desta informação, a Polícia Civil começou a fazer uma campana no local e conseguiu vizualizar a chegada de dois suspeitos em um automóvel Fox de cor vermelha. Minutos depois, o grupo trocou de carro e saiu em no Punto amarelo. Policiais da Defur fizeram uma abordagem no veículo e verificaram que o mesmo tinha vários sinais de adulteração e que era um veículo roubado.

Com o número da placa, os policiais civis descobriram que o veículo era registrado no nome de um homem que afirmou estar com o Punto amarelo em casa e que o veículo dele não havia sido roubado. A partir daí, a Polícia verificou que o grupo havia “clonado” a placa e inserido a mesma em um outro Punto amarelo roubado, com as mesmas características.Na casa onde estava o trio de suspeitos, a Polícia também encontrou 04 munições de calibre 38.

O trio de suspeitos foi preso em flagrante e conduziu os policiais da Defur até Parnamirim, onde foi encontrado mais um veículo roubado, um Fiat Uno. Na casa, localizada no Parque de Exposições, estava o quarto suspeito, que também foi preso em flagrante. Os quatro suspeitos responderão pelos crimes de receptação, posse ilegal de arma de fogo e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Fonte: G1RN
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.