Na PB: Falso engenheiro é preso suspeito de fraudar locação de carros e ganhar até R$ 900 mil

Polícia Civil não divulgou detalhes de como ocorreu a prisão e de todo o caso porque as informações devem ser repassadas somente durante entrevista coletiva

Alcides Francisco da Silva, de 45 anos, foi preso ontem (4), no José Américo, em João Pessoa -PB, suspeito de aplicar vários golpes na Capital. Segundo a polícia, ele se passava por engenheiro de uma empresa privada e prometia vantagens, usando o nome dessa empresa, para conseguir dinheiro por meio de fraudes disfarçadas de locação de veículos. A identificação do suspeito e toda a investigação foram divulgados oficialmente pela Secretaria de Comunicação do Estado.


De acordo com a Delegacia de Defraudações e Falsificações da Capital, o suspeito teria conseguido até mesmo agregar veículos das vítimas em obras de uma construtora e recebido mais de R$ 900 mil de maneira fraudulenta.

O delegado titular da especializada, Lucas Sá, disse que há um mês, algumas vítimas procuraram a polícia para denunciar um golpe que estariam sofrendo envolvendo a compra e repasse de veículos, organizado pelo Alcides Francisco.

“Já abrimos quatro inquéritos contra o suspeito, pois ele estava se passando por engenheiro de uma empresa privada e prometia contratos de locação de veículos para as vítimas, nos quais as vítimas agregariam os carros e receberiam valores mensais de R$ 20 a R$ 30 mil. Nos depoimentos das pessoas que foram enganadas, algumas disseram que passaram o veículo que já possuíam pra ele, outras compraram carros e repassaram para que estes fizessem parte da frota de veículos da empresa. Só que na verdade o Alcides Francisco é um estelionatário e nunca fez parte do quadro de funcionários da desse empresa”, afirmou a autoridade policial.

Uma das vitimas é um agente penitenciário e procurou a Polícia Civil para relatar todo o golpe sofrido. Após as investigações da Delegacia de Defraudações, o mandado de prisão foi expedido e cumprido pela Polícia Militar na manhã desta quinta-feira (4), na casa de uma amiga do suspeito, no bairro do José Américo.

Segundo a polícia, Alcides Francisco será autuado pelo crime de estelionato e deverá ser encaminhado para a Penitenciária do Róger, onde vai aguardar pela decisão da Justiça.


Fonte: Focoelho
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.