'Tremendo até agora', diz dentista que viu menor matar paciente em consulta

Crime aconteceu na tarde desta quarta-feira (10)

A Polícia Civil identificou que o autor do disparo que matou um paciente dentro de um consultório odontológico em Guarujá, no litoral de São Paulo, nesta quarta-feira (10), foi um adolescente apreendido poucas horas depois do crime. Segundo as autoridades, o assalto foi cometido por quatro suspeitos, dentre os quais o menor detido.

A vítima, identificada como Diego da Anunciação Constantino, de 28 anos, estava dentro do consultório fazendo um ajuste no aparelho dentário. “Eles chegaram falando ‘na moral, na moral, fica na manha, na moral’. Pedi calma e em nenhum momento eu ou o paciente esboçamos reação. Ele encostou a arma na minha cabeça, me revistou e depois foi revistar o paciente, e acabou efetuando o disparo. Eu acho que ele tropeçou na cadeira”, afirma o dentista, que prefere não se identificar.

Os criminosos ainda conseguiram roubar a corrente de ouro de uma paciente que aguardava para ser atendida na sala de espera. Após o crime, já na delegacia, o dentista e uma segunda testemunha conseguiram identificar o menor suspeito de atirar no paciente.
O adolescente de 17 anos foi encaminhado à Fundação Casa. “Ele já havia sido reconhecido fotograficamente em outras ocorrências. Felizmente, hoje nós conseguimos deter o infrator”, afirma o delegado Estevam Urso, da Delegacia Sede da cidade.

Os outros três suspeitos ainda não foram localizados. O dentista afirma que já foi assaltado quatro vezes em três anos e diz não saber mais o que fazer. “Eu estava em choque, não consegui fazer nada, estava tremendo, estou tremendo até agora. Não consigo raciocinar direito”, conclui.


Fonte: tvtribuna
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.