Balsa com mais de 170 a bordo afunda e mata mais de 30 nas Filipinas

Ao menos 36 pessoas morreram nesta quinta-feira (2) após o naufrágio de uma balsa com mais de 170 a bordo nas Filipinas.

A embarcação, denominada “Kim-Nirvana”, virou em uma região de águas turbulentas, perto do Porto de Ormoc, disse à France Presse (AFP) Ciriaco Tolibao, funcionário do Escritório filipino de Gestão de Crises.

Equipes de resgate, com sete barcos, resgataram dezenas de sobreviventes, diz a AFP. A balsa Kim-Nirvana, com destino a ilha Camotes, na província central de Cebu, foi golpeada por grandes ondas até virar e naufragar.

Segundo a Reuters, a balsa levava 189 pessoas a bordo - 173 passageiros e 16 tripulantes - afundar. Segundo a agência de notícias, 118 sobreviveram ao naufrágio e mais de 30 estão desaparecidos.

Não está claro se os sobreviventes foram resgatados ou conseguiram nadar até a praia.
A Efe noticia 36 mortos e 21 desaparecidos após o naufrágio de balsa com mais de 170 pessoas.
Com manutenção irregular, as balsas representam um dos principais meios de transporte do país, que tem mais de 7.100 ilhas.

Os acidentes marítimos são frequentes no país e em alguns casos provocam centenas de mortes.
A pior catástrofe marítima registrada no mundo em tempos de paz deixou 4.300 mortos em dezembro de 1987, quando uma balsa colidiu com um pequeno petroleiro nas costas de Manila.


Fonte: g1
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.