Juiz decreta prisão preventiva de suspeito de estuprar e matar menina

Corpo de Maria Eduarda foi encontrado enterrado em duna de Genipabu.

O juiz criminal da comarca de Extremoz, Gustavo Marinho Nogueira Fernandes, decretou a prisão preventiva do investigado Carlos Alexandre de Andrade, atendendo representação do delegado Raimundo Rolim, que apura os crimes de homicídio qualificado, estupro e ocultação de cadáver, imputados ao caseiro tendo como vítima uma criança de 10 anos.

Maria Eduarda Lima da Silva foi encontrada enterrada e amordaçada nas dunas de Genipabu, no último dia 16 deste mês de julho. A criança estava desaparecida desde domingo (12), quando foi vista pela última vez em companhia de Carlos Alexandre e do irmão da vítima, Geová Lucas.

Outros dois casos de possíveis crimes de estupro e homicídio estão sendo investigados pelo delegado Rolim que também descobriu que o caseiro Carlos Alexandre tem outro mandado de prisão preventiva aguardando captura, expedido em 26 de fevereiro de 2014, pela 10º Vara Criminal da Comarca do Natal, também pelo crime de estupro, praticado no ano 2006.


Fonte: portalbo
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.