No CE: Detentos exibem facas em fotos publicadas no Facebook

Apenas dois agentes fazem a segurança no local, que está superlotado: a capacidade é para 120 presos, mas há 300

Detentos da Cadeia Pública de Sobral – distante 250 quilômetros de Fortaleza – divulgaram, no Facebook, fotografias em que aparecem armados com facas dentro de uma cela da unidade prisional. As imagens mostram sete presos com facas e cossocos (armas artesanais fabricadas dentro dos presídios).

De acordo com Natanael Andrade, diretor do Sindicato dos Agentes e Servidores no Sistema Penitenciário do Ceará (Sindasp), apenas dois agentes fazem a segurança no local, que está superlotado: a capacidade é para 120 presos, mas há 300. “O ideal seriam, no mínimo, oito agentes por plantão. Com só dois agentes, como eles vão combater e evitar que entre material ilícito na cadeia? Eles ficam na mão dos presos”, afirma.

O diretor denuncia ainda a falta de vistorias nas unidades prisionais. “Das 136 cadeias públicas do Ceará, não foram feitas nem 10% das vistorias. Aí depois que tem uma tentativa de homicídio, rebelião ou fuga, a Sejus [Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará] aparece”, reclama. Na Cadeia Pública de Sobral não há body scanner e o detector de metal está com defeito, o que dificulta a fiscalização durante as visitas.

Depois da repercussão das fotos, os sete detentos foram transferidos para a Penitenciária Industrial Regional de Sobral. A ação ocorreu na noite desta quinta-feira (16). Em nota, a Sejus informou que foi feita vistoria na cadeia e foram encontrados os objetos e ferros expostos nas fotos. “Todos os internos que aparecem nas imagens foram identificados e transferidos”.



Fonte: tribunadoceara
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.