Agentes encontram celulares e drogas na Cadeia Pública de Natal

Grupo de Operações Especiais (GOE) da Sejuc participou da intervenção.

Homens do Grupo de Operações Especiais (GOE), da Secretaria de Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte (Sejuc), e agentes penitenciários apreenderam celulares, carregadores, drogas e 'espetos', utilizados para cavar buracos, durante uma revista programada realizada ontem, quinta-feira (8), no Presídio Provisório Professor Raimundo Nonato Fernandes, localizado no bairro do Potengi, na Zona Norte de Natal.

De acordo com o comandante Leonardo Alves, do GOE, cerca de 40 celulares foram apreendidos dentro do presídio, além de pequenas quantidades de maconha e cocaína e 'espetos', feitos a partir das palhetas de ventiladores, utilizados para escavar túneis.

Na última segunda-feira (5), dois detentos foram encontrados mortos na unidade prisional, também conhecido como Cadeia Pública de Natal. Os corpos foram encontrados dependurados em lençóis amarrados no alto das grades que ficam na escadaria que dá acesso ao Pavilhão B, que fica no primeiro andar do presídio. Os presos foram identificados como Edson Nascimento da Costa e Alexsandro Ferreira de Freitas.

Ainda de acordo com o comandante, novas revistas devem acontecer em unidades prisionais do estado. "Em virtude dos últimos acontecimentos, o GOE tem reforçado a presença nas unidades prisionais de Natal e da Grande Natal para garantir a segurança e impedir qualquer tipo de motim dos presos", explicou Leonardo.




Fonte: intertv
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.