Natal teve 4ª maior taxa de homicídios em capitais no ano passado!

A cidade do Natal teve, em 2014, a quarta maior taxa de homicídios por 100 mil habitantes entre as capitais do país. Com a média de 65,89 assassinatos por grupo populacional, a capital do Rio Grande do Norte apenas ficou atrás de Fortaleza-CE (77,34), Maceió-AL (69,53) e São Luís-MA (69,07). Os dados foram apresentados hoje pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e fazem parte do 9º Anuário da Segurança Pública.

Em termos nacionais, os números recolhidos pelo Fórum apontam que 43 pessoas foram assassinadas por dia nas capitais do Brasil em 2014.

A taxa de homicídios da capital potiguar representa também uma tendência da região. Das nove capitais nordestinas, apenas Recife-PE ficou de fora dos dez primeiros lugares.

Já em números absolutos, Natal fica na 14ª colocação nacional, com 568 homicídios registrados pelo Anuário, e a 5ª em termos de Nordeste.

O dado que põe a capital potiguar com uma das maiores taxas de homicídio por população em 2014, no entanto, representa também uma leve queda com relação ao ano anterior. Em 2013 foram 67,10 homicídios para cada 100 moradores de Natal, o que representou uma queda de 1,81% na taxa entre 2013 e no ano passado.

O levantamento elaborado pelo Fórum de Segurança Pública divulgado hoje (30) mostra que, em 2014, crimes como homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida de morte vitimaram 15.932 pessoas nas 27 capitais. O número é ligeiramente maior (0,8%) do que os 15.804 registrados em 2013.

Fortaleza teve a maior quantidade de assassinatos em 2014, foram 1.989 casos. A cidade também registra a maior taxa de mortes intencionais por 100 mil habitantes – 73,3. Salvador é a segunda capital em números absolutos, foram 1.397 mortes, o que significa uma taxa de 48,1 assassinatos por 100 mil habitantes. Em 2013, a cidade teve 1.485 crimes e taxa de 51,5 por 100 mil habitantes.

Apesar de São Paulo ter o terceiro maior valor absoluto de mortes – 1.360 – a capital paulista tem a menor taxa de crimes – 11,4 por 100 mil habitantes. O número representa uma queda de 4,3% na taxa de assassinatos em relação a 2013, quando foram registradas 1.412 mortes, 11,9 por 100 mil habitantes. No Rio de Janeiro, a taxa ficou em 20,2 por 100 mil habitantes, com 1.305 assassinatos violentos intencionais em 2014.

A segunda maior taxa de assassinatos foi registrada em Maceió (69,5 por 100 mil), com 699 mortes em 2014. O número representa, no entanto uma queda de 14,5% na taxa de 2013 (81,4 por 100 mil),  ano em que ocorreram 811 mortes intencionais. São Luís apresentou uma taxa muito semelhante de crimes, 69,1 por 100 mil em 2014. No ano passado, a capital maranhense teve 735 mortes intencionais.

O maior crescimento na taxa de assassinatos foi verificado em Campo Grande, passou de 13,8, em 2013, para 18,9 por 100 habitantes, em 2014. Em números absolutos, foram 159 casos em 2014 e 115 mortes no ano anterior. A maior redução foi em Boa Vista, onde a taxa caiu 23,3 para 17,5 por 100 mil. Em 2014, foram 55 mortes, enquanto em 2013 foram 72 casos.


Fonte: novojornal
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.